Blog do Sonho Eterno

Repescagem do Mundial de Imbituba

Posted on: 28 de junho de 2009

Hoje na repescagem três brasileiros continuaram na etapa brasileira do WCT. São eles Neco Padaratz, Heitor Alves e Adriano de Souza, mais conhecido como Mineirinho. Respectivamente eles despacharam o brasileiro Gustavo Fernandes, o havaiano Fredrick Patacchia e o sul-africano David Weare. Os brasileiros que não se classificaram na repescagem são Jihad Khodr, Bernardo Pigmeu (desclassificado pelo eneacampeão Kelly Slater), Guga Fernandes e Guilherme Ferreira.

 

Guilherme Ferreira foi convidado pela organização a participar do campeonato por ter sido o campeão do estado de Santa Catarina de Surfe e foi o primeiro brasileiro a surfar. O catarinense perdeu para o norte americano C.J. Hobgood, melhor do mundo em 2001, que fez 13.00 contra os 9.17 de Guilherme . Ainda bem que em outra competição entre Brasil e Estados Unidos, como a final da copa das confederações de futebol de hoje de tarde a equipe brasileira se saiu melhor.


Mineirinho se garante para a próxima fase da etapa.

Na segunda bateria tínhamos o Mineirinho, que venceu sem maiores problemas o atual campeão brasileiro, Gustavo Fernandes. Mineirinho acumulou um 11.84, contra 8.70 de Guga.

 

Na terceira bateria Bernardo Pigmeu não teve sorte, sua bateria era contra o norte americano Kelly Slater, já com as suas pranchas. Como falamos aqui, Slater teve um problema com suas bagagens e chegou à competição somente com a bagagem de mão e acabou competindo com uma prancha emprestada do havaiano Fred Patacchia. Pigmeu demorou em pegar a camiseta da competição, deixando os presentes ansiosos. O resultado foi 13.04 para Kelly Slater e  11.16 pra Bernardo Miranda.


A experiência falou mais alto, Neco Padaratz mandou Fred para casa mais cedo!

Na quarta baterias tivemos Neco Padaratz o quinto brasileiro a cair nas águas geladas de Imbituba e que emocionou a galera na Praia da Vila. Ele disputava contra o havaiano Fredrick Patacchia e dessa vez deu Brasil! Neco conseguiu 13.40 contra 11.90 de Fred Patacchia.

 

Somente na 13ª bateria tivemos mais um brasileiro Jihad Khodr, que enfrentou o aussie Ben Dunn que venceu apenas comum 0.07 de vantagem.


Heitor Alves também se classificou para a próxima fase.

Na ultima bateria tivemos Heitor Alves, que venceu o sul-africano David Weare.

 

As notas da repescagem foram:

1: C.J. Hobgood (EUA) 13.00 x 9.17 Guilherme Ferreira (BRA)
2: Adriano de Souza (BRA) 11.84 x 8.70 Gustavo Fernandes (BRA)
3: Kelly Slater (EUA) 13.04 x 11.16 Bernardo Miranda (BRA)
4: Neco Padaratz (BRA) 13.40 x 11.90 Fredrick Patacchia (HAV)
5: Jordy Smith (AFS) 16.04 x 9.17 Ben Bourgeois (EUA)
6: Nathaniel Curran (EUA) 13.50 x 8.67 Kieren Perrow (AUS)
7: Damien Hobgood (EUA) 15.00 x 10.40 Marlon Lipke (ALE)
8: Jeremy Flores (FRA) 11.60 x 11.16 Phillip MacDonald (AUS)
9: Mikael Picon (FRA) 14.07 x 8.34 Kai Otton (AUS)
10: Greg Emslie (AFS) 13.60 x 11.17 Jay Thompson (AUS)
11: Dean Morrison (AUS) 11.57 x 8.93 Nic Muscroft (AUS)
12: Roy Powers (HAV) 12.43 x 12.20 Aritz Aranburu (ESP)
13: Ben Dunn (AUS) 9.67 x 9.60 Jihad Khodr (BRA)
14: Tiago Pires (POR) 13.00 x 12.77 Dane Reynolds (EUA)
15: Dustin Barca (HAV) 13.70 x 12.77 Drew Courtney (AUS)
16: Heitor Alves (BRA) 10.57 x 5.84 David Weare (AFS)

Agora tem mais uma terceira fase classificatória. Fiquei na mental porque o nosso  Neco Padaratz enfrentará o australiano Joel Parkinson, primeiro lugar no campeonato até o momento e já twittou que esta todo tranquilão. Vamos torcer por um bom desempenho do brasileiro que entrou como convidado na etapa, no lugar do norte-americano Gabe Kling, que desistiu de vir ao Brasil por conta de uma lesão.

 

Heitor Alves pega o norte-americano Damien Hobgood na próxima fase, e planeja fazer com Damien como a seleção brasileira fez com a norte-americana. Heitor perdeu para o Hobgood em Gold Coast e disparou: – Futebol não é muito a minha praia, mas a verdade é que eu estou ansioso para esse Brasil x Estados Unidos no surfe. Perdi para o Damien na Gold Coast. Não vou deixar barato.Então vamos com tudo para cima deles!

 

No mais estou com toda vibe para o Mineirinho, que esta em 5º lugar na classificação geral e é o brasileiro mais bem colocado no WCT.

 

A terceira fase segue assim:

1. Bede Durbidge (AUS) x Michel Bourez (TAH)
2. Damien Hobgood (EUA) x Heitor Alves (BRA)
3. Jeremy Flores (FRA) x Tim Boal (FRA)
4. Adriano de Souza (BRA) x Greg Emslie (AFS)
5. Bobby Martinez (EUA) x Tiago Pires (POR)
6. Jordy Smith (AFS) x Dustin Barca (HAV)
7. Kekoa Bacalso (HAV) x Dean Morrison (AUS)
8. Joel Parkinson (AUS) x Neco Padaratz (BRA)
9. Taj Burrow (AUS) x Nathaniel Curran (EUA)
10. Dayyan Neve (AUS) x Tim Reyes (EUA)
11. Kelly Slater (EUA) x Ben Dunn (AUS)
12. Tom Whitaker (AUS) x Chris Davidson (AUS)
13. CJ Hobgood (EUA) x Mikael Picon (FRA)
14. Mick Campbell (AUS) x Josh Kerr (AUS)
15. Mick Fanning (AUS) x Roy Powers (HAV)
16. Taylor Knox (EUA) x Chris Ward (EUA)

Anúncios

No Responses Yet to "Repescagem do Mundial de Imbituba"

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: