Blog do Sonho Eterno

Archive for agosto 2010

O bom namorado é aquele cara que surge do nada, quando você nem imaginava que poderia existir alguém como ele. Foi uma surpresa! Um presente de Deus. Ele te mima e te faz carinho o dia todo, mas mesmo assim você queria que fosse mais. O bom namorado conversa com você muitas vezes durante um único dia, te liga, te manda e-mail, SMS e quando possível, vem te ver. Esse cara tem um gosto bem parecido com o seu, o seu chocolate favorito é o dele também, mas respeita quaisquer diferenças que possa existir entre vocês. O bom namorado te dá um lindo sorriso de bom dia e um beijo quente em sua bochecha, que poderia também ser um beijo em seus lábios. Você desejaria que ele fosse o primeiro cara que admirou depois do seu pai, do Ken, do Axl Rose, do Brad Pitt e do Pablo Neruda, mas eles apareceram antes em sua vida. As vezes o bom namorado nem é namorado ainda, mas ele te faz sentir única e especial. Ele te leva para passear, segura em sua mão e diz a cada segundo o quanto te ama e o quão linda é, mesmo estando alguns quilinhos acima do seu peso ideal. O bom namorado é seguro de si e sabe que ele é o namorado, não tem dúvidas tolas sobre sua fidelidade e tem até um ciuminho, porém moderado. Esse cara é o máximo e faz você sentir que nenhuma outra pessoa a faria feliz como está agora. O bom namorado é fiel, não por que ele faça esforço para ser, mas não quer destruir nada entre vocês dois. No relacionamento não falta nada, nem segurança, nem respeito, nem carinho, tem vontade de ser só vocês a vida inteira, porque não lhe falta absolutamente nada, nem sobra. O bom namorado é super herói, é piloto, é rocker, é engraçado, é caipira, é mago, é príncipe, é fofo, é sorte. O bom namorado é a mais pura sorte! Ele é seu companheiro e seu melhor amigo. O bom namorado é o melhor, nem todos os verbos, tempos e modos pode bem representá-lo. É um cara do bem, respeita a família, os amigos e até os desconhecidos no trânsito. Um bom namorado preza pelo seu conforto, seu lazer, sua saúde, seu sorriso. Escova os dentes antes de dormir. O bom namorado sente tanto a sua falta que chega a doer o coração, ele chora quando você chora e não gosta de despedidas. Tem o sentimento mais sincero. Um namorado tem um coração aberto e também chora de felicidade. Mesmo as vezes querendo ser durão, ele é um doce e muito sensível. O bom namorado, mesmo morando longe, é mais presente em sua vida do que o seu vizinho de porta. Ele te liga só para dizer como está o tempo ou para te contar alguma trivialidade, na verdade ele só quer falar com você, ouvir a sua voz. Ele sabe seu peso, sua textura, sua densidade, seu volume, sua temperança, seu ânimo, seu limite, seu valor. O bom namorado se diverte com você, dança com você, brilha com você, faz planos com você. Ele admira tudo em você, mas não quer ser você, respeita sua individualidade, sua senha, seu e-mail, seu passado, seus projetos, suas sacolas no shopping, seu estresse no trabalho, sua pressa e sua TPM sem fazer piadinhas insólitas. É o cara que lava o seu cabelo quando você está tão cansada e cheia de spray que não consegue nem levantar os braços. Um bom namorado não se importa com os livros que você leu e com os que você quer ler, ele não compete. No Ipod do bom namorado tem todas as músicas que você queria ouvir, mas ainda não sabia. Esse cara escuta com você todo o seu novo Cd da Kate Kash no rádio do carro e você acha que poderia ser a trilha sonora de vocês. O coração dele não tem passado. O bom namorado cuida de você com o carinho de mãe, a segurança de pai, o sorriso de uma amiga, a perícia de um médico, o companheirismo de uma irmã e o amor de um cara. Você enche a boca para dizer que ele é um bom namorado com a convicção de que essa é a verdade fundamental. E algum tempo depois de encontrar o bom namorado você ainda não sabe se ele é anjo, se ele é mágico, se ele existe ou se ele é um sonho. Ele é o homem mais bonito do mundo, ele é um cara que só de olhar dói a alma. O momento mais perfeito de vocês é quando estão abraçados em sua cama estreita de solteiro e ele diz que te ama muito com os olhos cheios d’água e você se sente a mulher mais especial do mundo e se debulha em lágrimas de felicidade. O bom namorado é da vida inteira, mesmo você usando mini-saia.

Adaptação de um texto da Rita Prado.

niteroi

I wish you could be here. Simple thing doesn’t have shine without you.

Ando tão sensível e nostálgica… acho que é porque não encontrarei meu amor no final de semana.

Creio que provavelmente não exista nada mais inquietante que morar longe do meu amor. Eu já tive experiências no passado de morar em locais opostos aos namorados, aliás, nunca namorei alguém da mesma cidade, porém jamais senti tanto a distancia. Talvez porque não gostasse intensamente dos anteriores, ou não era madura o suficiente para me relacionar com tanto afago. Aos vinte e oito me sinto uma menina, nova, recém saída da puberdade, cheia de esperanças e desejando que muita coisa aconteça.

Morar longe do namorado tem um sabor amargo. Cada despedida dói no peito, como se lanças incendiadas atravessasse nosso coração, de tão partido que fica. Quando vai se aproximando a hora ir embora uma tristeza toma conta da gente e um gostinho de quero mais tira o nosso sossego, a nossa paz. No entanto creio que essa distancia proporciona que nossos encontros sejam bem especiais, onde não tem espaço para picuinhas ou brigas sem sentido. A gente quer aproveitar cada segundinho do lado do outro, são momentos preciosos e escassos, muitas vezes dá até dó de ter que dormir. E infelizmente, ou felizmente, quando estou com ele fico tão calma e serena que o sono vem antes. Outrora sofria de insônia, mas não tem como não estar completamente feliz quando estamos apaixonadas e somos correspondidas.

Por isso aconselho aos leitores que estiverem a fim de iniciar um relacionamento com alguém que more longe irem fundo. Pode machucar um pouquinho a distancia, mas a gente pode deixar de conhecer pessoas maravilhosas, assim como meu amor.

Quando subi na balança do médico emagrecedor, quase caí de costas, nunca estive tão pesada em toda minha vida! Estava de dieta em junho, havia perdido cerca de 5kg, porém por conseqüência de uma crise de estresse além de engordar todo o peso perdido, ganhei outros super indesejados.

Por esse motivo, estou de regime, e é sério! Devo ter crises prolongadas de mau humor, assim como cor de cabeça e dificuldade para dormir, é complicado dormir com sono, porém da forma que está, não dá mais para continuar. Metade (ou até mais) do meu guarda-roupa não me serve e eu me recuso a comprar roupas enormes, nunca me conformarei com a obesidade.

Sei que grande parte das minhas leitoras gosta desse tema de emagrecimento. Então compartilharei minha dieta aqui no blog, relatarei tudo o que comi no dia a dia, num boletim semanal, além de informar quanto perdi no período e a quantidade de exercício que fiz. Embora meu médico me proibisse terminantemente em fazer exercícios enquanto não chovesse, por conta da secura que está o ar de São Paulo, não estou completamente certa se seguirei a recomendação.

Quem quiser acompanhar minha perda de peso diário, coloquei um aplicativo na barra lateral direita, que tem uma moça correndo no campo, que me representa correndo atrás do meu peso perfeito! Sempre que houver atualizações na balança, a menininha correrá para frente, assim espero não ter avanço de peso em nenhuma faze da minha dieta.

Vamo que vamo, o verão já está chegando!

Tags: ,

Com a aproximação do verão, algumas pessoas, assim como eu, lutam para conseguirem um visual mais bonito e mais magro. Pesquisando alimentos de baixa caloria, para fazer saladas e sopas, essa última que é ótima alternativa quando a temperatura baixar, mas tem que também cuidar com sopas, sopas com muitas batatas, creme de leite, pães ou feijão, por exemplo, podem ser mais calóricas que uma refeição comum.

Se conciliar a dieta com exercícios físicos, os resultados serão mais rápidos e possivelmente não ficaremos tão flácidas. Porém com a secura que faz em São Paulo nos últimos dias, meu médico emagrecedor me proibiu de me exercitar até que chova, estou no maior dilema, quero perder peso para ontem!

Enquanto isso, disponibilizo uma lista de produtos não tão calóricos para a minha próxima compra, se pá pode ajudar você também.

Carboidratos menos calóricos, mas ainda bem calórico comparado com frutas e legumes:

-Biscoito Maria

-Biscoito Maisena

-Macarrão cozido (o que mais engorda é o molho)

-Batata cozida

Verduras e legumes menos calóricos:

-Abobrinha verde (boa pedida!)

-Moranga

-Acelga

-Agrião

-Aipo

-Alho poro

-Alface (baixíssima caloria)

-Aspargos em conserva (bem baixa caloria)

-Broto de feijão

-Berinjela

-Brócolis

-Cogumelo em conserva

-Couve flor

-Escarola

-Jiló (não gosto)

-Mostarda

-Palmito em conserva

-Pepino sem casca (é uma das coisas de mais baixa caloria)

-Pimentão

-Repolho

-Rúcula

-Tomate comum

-Vagem

Frutas (até 70 calorias)

-Abacaxi (uma fatia)

-Acerola (32 unidades)

-Ameixa vermelha (4 unidades)

-Caju (2 ½ unidades)

-Caqui (uma unidade)

-Carambola (2 unidades)

-Cereja (24 unidades)

-Goiaba ( ½ unidade)

-Jabuticaba (20 unidades)

-Jaca (4 bagos)

-Kiwi (2 unidades)

-Laranja pêra (uma unidade)

-Maçã (uma unidade)

-Mamão papaia ( ½ unidade)

-Manga (uma unidade)

-Maracujá puro ( ½ xícara)

-Melancia (2 fatias)

-Melão (2 fatias)

-Morango (10 unidades)

-Nectarina (2 unidades)

-Pêra (uma unidade)

-Pêssego (2 unidades)

Grãos menos calóricos, não abuse porque são calóricos

-Milho verde em conserva

-Ervilha seca cozida

-Ervilha em conserva (menos calórica que a seca)

-Feijão preto cozido

-Carne de soja

Se souber de alimentos vegetarianos de baixa caloria para incluir na lista, let me know!

Considero-me uma pessoa bem familiar. Sempre que possível, estou presente nos festejos da família, os visito com freqüência e os convido para programinhas. Enfim, creio inclusive que às vezes a gente tem menos afinidade com um familiar do que um amigo de longa data, porém nos momentos mais difíceis da vida, são com nossos parentes que poderemos contar! Porque o amigo chato, deprimido, doente e/ou choroso muitas vezes é rejeitado. Existe até uma compaixão do amigo inicial, mas se o estado combalido prevalecer, só restará àquelas pessoas consangüíneas, que geralmente nos amam apesar de tudo.

É obvio que disserto sobre a família normal e de valores no mínimo medianos. Conheço casos de abandonos, descasos, brigas desnecessárias e até crimes entre pessoas de uma mesma família, mas isso são patologias e não vem ao caso nesse momento. Só quero centralizar meu leitor no que é família para mim, o valor que eles têm e como convivo com eles.

No entanto, embora os amem algumas vezes alguns membros de uma família tornam-se extremamente descabidos, chatos, inconvenientes e inadequados para a situação. Sabe aquele termo tio velho? Creio que com a idade algumas pessoas acham que podem falar o que quiser e não percebem que estão sendo indevidos. Por exemplo, tenho um tio que vive me enchendo o saco por ser vegetariano, isso porque sou vegetariana desde os 13 anos, nunca fiquei doente, muito pelo contrario percebo que sou mais forte do que meus colegas que comem carne, ao ponto de não me lembrar da última vez que peguei uma gripe, com certeza eu era criança ainda.

Nas festinhas de família, esse meu tio vive oferecendo-me carne e dizendo coisas abomináveis sobre abate animal, ao ponto de não curtir muito freqüentar sua casa, porque de forma ou outra sempre sou agredida com sua mania de matar.

Ontem ele continuou sendo indiscreto. Encontramo-nos na festinha surpresa de aniversário de uma prima. Quando viu minhas unhas com a cor mermaid to order perguntou-me se era palmeirense. Isso porque vestia uma camiseta do Corinthians. Primeiro, com um pouco de paciência ainda, respondi que embora fosse corintiana gostava de verde. Porém o chato insistiu, dizendo que então o Palmeiras era meu segundo time do coração. Qualquer idiota sabe que Palmeiras e Corinthians são os maiores arqui rivais do estado de São Paulo, ou seja, uma corintiana nunca torcerá pelo Palmeiras e vice e versa. Porém com a insistência do chato, já sem a menor pachorra, disse não, o meu primeiro time do coração é o Palmeiras e findou aí nossa conversa.

Por que estou dizendo tudo isso? Porque algumas insinuações são chatas, quando repetitivas são insuportáveis e de mim, a pessoa vai ouvir sim uma cacetada. Qual é o sentido de uma corintiana não poder usar verde ou qualquer outra cor? No mínimo idéia de quem não tem mais o que fazer. Um time de futebol definitivamente não rege minha vida, aliás, mal acompanho os campeonatos para modificar a cor do meu guarda-roupa por 22 jogadores riquíssimos que trocam de times como que eu troco a cor do meu esmalte.

Fica a dica para as pessoas que fazem piadinhas com cores de time, isso é ser chato! E aqui fica uma ressalva, o esmalte é azul, tudo bem que às vezes com a iluminação pode dar uma falsa impressão de verde, mas até a chacrinha de meu tio foi sem sentido. Então uso a cor do Grêmio de Porto Alegre ou do Cruzeiro de Minas Gerais. Absurdo.