Blog do Sonho Eterno

Programas Infantis

Posted on: 11 de abril de 2011

Eu fui criança na década de 80 (e comecinho de 90), acho que foi a última época que a criança pode ser criança. Podia-se correr na rua, tinha programas de televisão e músicas boas para os pequenos, a gente não parecia mini-adultos… enfim, foi uma época muito melhor. Podíamos ficar mais out door e brincar de brincadeiras de criança. Video Game, pelo menos no início de 80 era algo distante e ver TV era muito mais gostoso.

Decidi cair na nostalgia e listar 10, dos meus muitos programas de tv favoritos.

1.

Bambalalão, de longe meu programa favorito. Adorava a Silvana, as histórias, quem não se lembra do bordão “e entrou por uma porta e saiu pela outra e quem souber que conte outra”? Amava os teatrinhos de fantoche e aquela parte de dicas de como fazer artigos artesanalmente em casa. Uma vez eu fui ao auditório do programa assistir.

 

2.

Lucas Silva e Silva, foi um programa ótimo, mostrava uma família de classe média brasileira com suas histórias do dia a dia. Quem não se lembra do “alo, alo planeta Terra chamando, esta é mais uma edição do diário de bordo do Lucas Silva e Silva, onde tudo pode acontecer”? O programa era tão bom, que a Rede Globo emprestou o Antonio Fagundes para fazer o papel de pai do protagonista.

 

3.

Também gostava de Ra-Tim-Bum. Desde a entrada do programa, as curiosidades, mas minha parte preferida era a da história, ia correndo para a frente da Tv quando ouvia “senta que lá vem a história”…

 

4.

Bozo era tão bom, eu adorava ver quando chegava da escola. Era outro programa de auditório, com brincadeiras e apresentação de desenhos, que dão de 10 a zero nos de hoje. Foi uma pena Bozo não durar mais tempo no ar. Quem não lembra de seus amigos, a vovó Mafalda e o papai Papudo.

 

5.

Eu preferia a Mara Maravilha a Xuxa, não sei porquê. Acho que foi por causa da escola, estudava sempre no horário do Xou da Xuxa. O programa da Mara também era de auditório com jogos, desenhos e musical.

 

6.

O Glub Glub sempre causava curiosidade nas crianças, como os apresentadores poderiam ter cabeças, sem corpos, que ficavam flutuando no cenário. Eu gostava do programa, das piadinhas, mas já não era tão novinha quando o assistia.

7.

Eu desejei ser uma robô ou pelo menos chamar Vicky após o sucesso do seriado Super Vicky, pelo que lembro, foi meu primeiro seriado sem ser brasileiro que eu gostei.

8.

Carrossel foi a primeira novelinha mexicana que eu assisti. Adorava a professora Helena, sinonimo de bondade, nessa época as crianças não precisavam usar saia curta para chamar atenção. Adorava o Cirilo e odiava a Maria Joaquina.

9.

Falando-se em novelas nacionais, curtia o “Que rei sou eu?”, pela comédia e histórias reais, que sempre me chamaram muita atenção. Que menina nunca sonhou em ser uma princesa, embora o drama era um grande besteirol…

10.

Embora não via muito Xuxa, sempre quis ser paquita, ainda mais quando soube que nem todas eram loiras naturais, que grande parte pintavam o cabelo, me senti super próxima de entrar para o Xou, muito embora nunca tenha feito nada para isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: