Blog do Sonho Eterno

Posts Tagged ‘Botas

Ah! O outono, época mais gostosa do ano! Onde os dias são amenos e as noites frias. Ideal para ver um filminho de baixo das cobertas, tomar chocolate quente, namorar…

Também é a época que as fashionistas amam, porque não precisam usar short + regata e ainda ficar com o buço suado. Dá para caprichar na maquiagem e no visu. Alguns dizem que no frio as pessoas ficam mais elegantes. Em termos, quem é elegante fica mais elegante. Porém no inverno é a época que alguns indivíduos se esmeram. Por exemplo, como temos que vestir mais peças de roupa em virtude de frio, para quem não tem um pingo de noção de moda e estilo pode ter um prato cheio para a cafonice, através de roupas e acessórios completamente equivocados.

No post de hoje gostaria que me ajudassem eleger a bota mais feia da vez. Aquela que deve ser abolida de qualquer sapateira.

Em primeiro lugar, temos aquela bota de pata de bode que as baixinhas amam para ficarem mais altas. Aliás, muitas justificam o seu uso por conta do conforto. Também acho que devemos levar em conta o conforto ao escolher um calçado, mas agregando a beleza é claro. Acoplado ao solado de borracha horrível, essas botas sempre são de camurças, com muitos recortes e até fivelas. Argh!

A outra concorrente de peso é a bota branca. Bota branca me lembra as Paquitas, para quem não se recorda, eram as assistentes de palco da Xuxa. Quem observa de longe, dá a impressão que está com o pé engessado. E cá entre nós, não só botas brancas, mas como os sapatos brancos, só deveriam ser permitidos para noivas e o pessoal que trabalha com saúde. Fica a dica, não ousem muito na hora de escolher a cor de sua bota, prefira sempre preto e marrom!

E aí, qual é o calçado mais cafona? A bota pata de bode ou a bota branca?

Anúncios

No ultimo inverno nova-iorquino as UGGs estavam nos pés de muitas mulheres (e alguns homens), até cogitei a idéia de comprar uma, porque parece ser bem confortável. Porém quando a coloquei achei mais estranha do que nas outras meninas, fora que ela é muito quentinha, creio que essa moda dificilmente pegaria aqui no Brasil, com esse inverno ultra-quente. Em São Paulo, essa semana, as temperaturas chegaram perto dos 30ºC.

A UGG é uma bota-pantufa australiana, é mais ou menos como uma meia, que dá para andar na rua. Quentinha, ideal para os dias muito frios do inverno. Feita de couro de carneiro (ui) e revestida de lã fofinha. Ideal para viagens longas de avião (quando o pé incha) ou para locais muito frios.

Atribuo a fama do calçado porque muitas celebridades internacionais usam a botinha. Quer publicidade melhor? Vejam:


Não gostei da combinação da Sarah, botas precisam ser usadas com calças mais sequinhas, se não, fica esse fuá quando o cano encontra a calça.



E não ficou apenas nos pés das meninas.

Atribuo essa moda, a mesma do CROCS, é um sapato esquisito, não combina com quase nada, porém muito confortável.

Acabei de receber um e-mail da Victoria’s Secrets, que vende o produto, e para a pré-coleção de outono os preço do modelo mais clássico é US$185.00. Porém em NYC encontrei réplicas por menos de US$40.00 e de repente são sintéticas, ou seja, politicamente mais corretas.

Como a maioria das mulheres elegantes são vidradas em salto alto, pesquisei os saltos que apareceram na temporada de moda inverno, confira o que mais se adapta com seu estilo.


Saltos de luxuria total. O primeiro da Calvin Klein da impressão de ser vasado, o McQueen é tão inesperado que parece que não dá nem para usar. Será que alguém se equilibra nisso aí? Não dá a impressão que vai ceder a qualquer momento? E esse da Louis Vuitton? Alguém arriscaria?


O salto quadrado é muito mais confortável que os anteriores e as botas muito mais usaveis, não é?


Libere todo o estilo traveco que existe em você e use plataformas com salto alto. Em proporções menores a coisa pode funcionar bem melhor.

Me sigam no Twitter.

Com a chegada do friozinho, a brasileira tem a oportunidade, quase única, de usar botas. Então ela fica endoidecida, tira tudo do armário, com aquele cheiro de naftalina e ainda investe em novos modelos. Escolhemos dentre muitos desfiles as botas mais bacanas da temporada para você se inspirar.


A tendência são botas com bicos mais redontos, isso vale até para os sapatos. Gostei dessa da Calvin Klein… vocês viram que a Prada ainda aposta em galochas? Em minha última visita a New York as galochas estavam tão escassas, ou seja, não estavam tão populares na moda rua.


Vocês usariam alguma dessas botas?


Gostei muito desse modelo da Anna Sui.

Me sigam no Twitter.

Assim como as bolsas, existe sim um universo colorido também nas botas de inverno. Antes de prosseguir, vou dar uma dica muito importante, nunca use botas brancas e afins, dá impressão que é gesso. Botas brancas só ficam bem nas paquitas, quem, não se lembra das assistentes de palco da Xuxa?

Porém, ainda assim, existe cor nas botas da moda:


Não usaria essa bota azul nem que me pagassem. Vou contar uma coisa para vocês, teve uma época da minha vida que eu era aficcionada por rosa, comprei inclusive um coturno rosa bebe, só consegui usa-lo em festas a fantasia, por isso, cuidado! Gostei da Giambattista Valli!

Outra característica que pudemos encontrar nas botas foram ousadias, usáveis ou não, confiram o que desfilaram para as bandas de lá nos pés das modelos.

Ana Sui veio com ele modelo com pelinhos no cano da bota. Rezo para que sejam fakes. Alexander McQueen arrasou com essa bota de rebites espetados na parte de costas da bota. Givenchy veio com com essa bota maxi peluda, alias ví infelizmente muita pele nos desfiles. Alias, enquando estava em New York passei em frente a um protesto do PETA em frente a Armani da 5ª avenida.


De gosto duvidoso veio essa botinha da Dolce & Gabanna e essa maxi-bota da Louis Vuitton? Preferi, sem dúvidas a Bottega Veneta, ainda assim, não sei se usaria uma dessas.

Me sigam no Twitter.

Durante minha última viagem a New York vi muitas mulheres nas ruas com botas looooongas, com canos que passavam da altura dos joelhos. Esse tipo de bota é ideal para usar em climas frios, como o inverno nova-iorquino e preferencialmente com saias. Pelo amor de Deus, não coloque essas botas longas com calça.

Obviamente comprei um modelo desses para mim. Cano acima dos joelhos, sem salto e bico redondo, mais confortável que um tênis, porém te deixa com jeito mais arrumadinho para andar por aí.

Seguem alguns modelos de grifes famosas:

Modelo básico da Chloé, a minha bota é bem parecida com essa. Olha essa galocha da Prada, não usaria nem para lavar o meu quintal, deforma o corpo. Por fim, mais uma ousadia da Louis Vuitton. Gosto muito das bolsas da marca, porém os calçados são de gosto duvidosos. Essa bota só faria bonito na Rua Augusta, aqui em São Paulo.

Me sigam no Twitter.

As botas para a próxima temporada estão bem informais e divertidas. Vimos em muitos desfiles do hemisfério norte de botas com cadarços, eu amei! Quando era punk tinha muitos coturnos e alguns ainda não me desfiz, sendo assim, poderei reaproveitar coisas do passado!


Esses modelos são de botas curtas e com cabarço. Repare que a da Chloé é um coturno prefeito.


Já aqui, o coturno fica por conta de Jean Paul Galtier em verniz. Observem o absurdo da bota da Louis Vuitton, faria muito sucesso na Rua do Jóquei aqui em São Paulo.

Me sigam no Twitter.


Anúncios