Blog do Sonho Eterno

Posts Tagged ‘Coringão

Há alguns dias atrás, a Fernanda, minha amiga ex-adolescente agora uma mulher séria e casada, veio aqui em casa me ajudar a fazer alguns detalhes da decoração da minha festa de aniversário.

Meu aniversário é gostoso porque não é só o dia, nós, eu, minha mãe e as amigas mais fofas curtimos vários dias, comprando coisinhas, planejando pequenos detalhes, escolhendo aquelas coisinhas femininas como roupas e maquiagens.

Na ocasião, fizemos seis símbolos do Timão, que deu o maior trabalhão, ao invés de colocar aquela bandeira do estado dentro do símbolo, cada um terá uma letra do meu nome. Chique assim…

Abaixo algumas fotos da nossa tarde de trabalho:

Fernanda a cortadora oficial.

Eu sou a desenhista. Peguei minhas réguas de modelagem para fazer o símbolo do Timão.

Ficou assim. Mas ainda falta a letra…

Embora a Fefe seja uma amiga que fica pouco comigo, temos um carinho mutuo uma pela outra. A Fê sempre faz questão de fazer a decoração de bexigas da minha festa, porque para quem não sabe, é uma expert,antes trabalhava em Buffet infantil. Legal, né?

Anúncios

Quem acompanha meu blog com freqüência, sabe que meu aniversário é dia 17 e que vou comemorar com meus amigos e família no dia 18, com uma festa aqui em casa.

Pedi aos meus convidados, corintianos ou não, virem de roupas todas pretas, ou brancas ou toda preta e branca. Para algumas pessoas, isso pareceu um tremendo obstáculo, mas creio que a maioria das pessoas tem alguma peça usável para a minha festa. Se todos cumprirem esse meu desejo ficaria muito feliz, as fotos da festa vão ficar bem interessantes e bonitas…

Abri meu guarda-roupas e achei alguns vestidos p/b para as meninas terem algumas idéias…

O primeiro vestido usei em minha colação de grau, o outro no aniversário da filha de uma amiga quando fez um aninho.

O primeiro vestido, uso para sair de noite, não faço balada. O outro uso, inclusive, para ir trabalhar.

O primeiro vestido nunca usei e já faz um ano que tenho. O segundo usava no dia-a-dia, mas esta aposentado faz um tempo…

Nenhum desses vestidos será o que usarei na minha festa, ainda não sei o que vestirei no dia.

Dia desses fui a 25 de março comprar alguns itens para a minha festa de aniversário, que ocorrerá no próximo dia 18. Fui com duas idéias na cabeça, precisava comprar bolinhas de plástico, tipo aquelas dente de leite, no Armarinhos Fernando e bonequinhos porta-recados de biscuit do Timão para fazer uma espécie de premiação as 10 primeira pessoas que chegarem com alguma peça de roupa, o que pode ser uma camisa, que tenha o símbolo do Timão.

Quando cheguei a 25 de março, vi que seria difícil achar bonequinhos de biscuit ao que tudo indicava estava meio fora de moda, sendo assim, não seria tão fácil comprar como da outra vez que presenteei meus amigos Hare Krishna com bichinhos de biscuit no Natal.

Para minha surpresa, também, quando entrei na loja Armarinhos Fernando o único tipo de bolinha dente de leite que tinha era coloridona, sempre preto com uma cor nada a ver. Precisva algo preto e branco, já que minha festa a priori é festa do Preto e Branco, o time e o futebol são meros detalhes.

Porém, quando me dirigia para uma rua paralela a 25 de março, descendo em frente ao Shopping 25 de março, a Edneusa, que foi comigo, achou daquelas bolinhas de borracha de apertar, que vende em farmácia. Eu adorei, pequenininha é muito mais delicada do que aquelas bolas dente de leite que tinha planejado anteriormente. Até até pensando em colocar junto do arranjo de flores em cada mesa. Pensarei em algo ainda.

Continuei descendo a rua e entrei na paralela a 25 de março. Achei uma loja, perto de uma das saídas da Galeria Pajé, que ainda vendiam alguns biscuit e achei exatamente como pensei, os porta-recado (que pode ser porta-retrato) do Timão. Como comprei 10, paguei o preço de atacado.

Só tinham 9 meninoc com a bola, então tive que comprar um sapinho com a bandeira do Timão. Minha tia Terezinha não gosotu muito, disse que o verde lembra o Palmeiras e que tinha que ser um Gavião… ela até tem razão, mas era isso ou nada.

 

 

Em detalhe o bonequinho. Alguns tem o cabelo preto, como o da foo e outros tem o cabelo marrom.

O Sapinho com a bandeira.

 

No meu último aniversário, fizemos uma brincadeira onde os três primeiros colocados, levavam uma bandeira. Esse ano, os três primeiros colocados corintianos, levarão esse porta-recado grande. Ainda não sei qual será a brincadeira. Super-aceito sugestões.

Abaixo um boneco sozinho para verem mehor os detalhes.

Por fim, achei um álbum de fotos, tudo a ver revelar as fotos do meu aniversário e colocar aqui. Todos os convidados que tiverem cameras fotográficas digitais poderiam trazer suas cameras e fazer fotos e depois me dar um CD, né? Assim teria muitas fotos para imprimir r colocar no álbum, já que como aniversariante, não terei muito tempo para tirar fotos.

Quinta-feira chegou os convites de meu aniversário, já impresso e em casa.  E imediatamente comecei a distribuição deles. A primeira pessoa a receber foi a Vera, que trabalha lá em casa. No momento, quase todo mundo que convidei já recebeu o covite. Algumas pessoas, que não encontrarei e não tenho o endereço postal, não receberão o convite em papel, somente digital, sorry.

 

Mesmo a faca tendo cortado parte do convite, o resultado ficou satisfatório. Cortaram um pedaço onde dizia que quem for corintiano, e quiser vir usando roupa do Timão, é super-bem-vindo. Separei duas fotos que tirei quando estava colocando os convites no envelope e fechando com um adesivo com Timão.

Ficou bonitinho, não ficou? Esse adesivinho do Corinthians no envelope preto.

Aqui, minha listinha de convidados e os materiais que usei para escrever os convites. Minha agenda de endereços,  canetas colorias em gel (porque o envelope é preto, caneta comum não aparece a tinta), cola, envelope preto para o convite e envelope pardo para quem for receber o convite via correio. Fica muito mais elegante não enviar o endereço no próprio envelope do convite, né? Fica a dica para quem for casar e quer enviar convites via correio. Sempre é necessário colocá-los num outro envelope. Capiche?

 

Esse ano tinha pensado en não fazer festa, porque gastamos muito na festa do ano passado, mas tenho tanto prazer em comemorar meu aniversário com a família e amigos mais próximos, que voltei atrás, como sempre, minha festa, é motivo me muita empolgação e criatividade… comprei cada coisa bacana para a decoração.

Domingo, dia 25/10, fui ao desastroso jogo Corinthians e Cruzeiro no Pacaembu, onde meu Coringão perdeu de um a zero para o time mineiro. Creio que foi o último jogo que assisti no estádio esse ano. A equipe não esta motivada, só pensnado em férias então os jogos não são tão animadores. Acho que é uma boa oportunidade para as famílias irem aos estádios. Como não esta valendo nada, fica menos perigoso.

Fui com meu amigo Ibere, foi o debute dele no Pacaembu. Estádio que é meu velho conhecido de shows de rock e agora de futebol. Ficamos na arquibancada especial laranja, aquela que na lateral e tem uma vista privilegiada. Acho que meu amigo estava com um pouco de medo de ir à arquibancada normal. No fim, gosto mais da laranja mesmo, a vista é bem melhor que nas arquibancadas atrás dos gols e tem cadeirinha com encosto. Tudo bem que acabo não ficando sentada um minuto. Como é mais vazio tive coragem de levar minha câmera semi-profissional e minha objetiva nova de longa distancia.

Chegamos bem cedo ao estádio, já que não tínhamos comprado o ingresso. Sentamos na primeira fileira, perto do local para deficientes físicos. Como sou alta, sempre prefiro lugares sem nada em minha frente. Logo em seguida chegou um sujeito perguntando se falávamos inglês. Era um indiano fanático por futebol. Como dissemos que falávamos inglês, ele sentou ao nosso lado. Conversamos um pouco de Krishna e ele garantiu que eu iria gostar de seu país de origem. Perguntei como anda o futebol por lá, ele disse que não tem, como a temperatura é muito alta quase ninguém se interessa por futebol, e ainda explicou que existe apenas 8 times de futebol na Índia. Contou que o esporte popular do seu país é o críquete e que os estádios deles eram maiores que o Maracanã.

Eu, com todo o bom humor do mundo, expus que o melhor estado do país era São Paulo, que éramos os mais ricos. Também expliquei que o maior time do Brasil era o Corinthians, e ele quis saber por que o estádio do Timão era menor que o Maracanã ou o Morumbi, por exemplo. Mas ele ficou intrigado quando soube que o Corinthians, o maior, não tinha estádio. Ele pareceu não entender, as vezes, nem eu entendo direito. Falou que estava ali para ver o Ronaldo e me perguntou o preço de todas as áreas do estádio. O único momento que ele deu risada foi quando esclareci que o SPFC era o pior time do país e que na torcida só tinham gays. Ele sacou que eu detestava os Bambis logo de cara. Meu amigo Ibere, que disse não falar inglês muito bem, conversou mais com o indiano do que eu, que estava mais interessada em tirar fotos.

Minha tia Alzira falou que em breve serei a ‘rainha dos estádios’ não pela beleza e sim pela freqüência. Esse foi o meu segundo jogo na mesma, na quarta-feira fui ver o jogo do XV de Piracicaba aqui em Osasco.

 


Eu e o Pacaembu. Olha o verde o gramado daqui e o de Osasco.


Ibere mostrando o mapa de São Paulo para o indiano que fizemos amizade.


Eu no alambrado.


Eu com o fundo do temido tobogã.


Caravana de Osasco.


Adoro esse bandeirão em formato de camisa.


O goleiro Felipe no aquecimento.


Ibere todo faceiro com o amigo indiano. A arquibancada laranja lotou!


Olha o juiz ladrão se aquecendo.


Adorei esse velhinho com bengala e cantando todos os hinos corintianos.


A torcida do Cruzeiro, mesmo sendo infinitamente menor, estava afim de uma briguinha. Cantaram várias músicas de provocações.


Mais aquecimento do Felipe. Felipe, tenho medo de você.


Ibere e Debora pelo foco de nosso amigo indiano.


Bandeirão da camisa 12.


Olha meuvelhinho de bengala.


Os jogadores entrando com as crianças.


Alguns entram sozinhos.


Ronaldo entra com todas as crianças. Que falta de criatividade, hein? Se bem, que eu também ia querer entrar com ele.


Jogadores cumprimentando a torcida.


Ronaldinho tentando aquecer.


Mas os repórteres não deixam.


Nem os companheiros do ex-clube.


Concentração final, antes do início do jogo.


Dentinho e Ronaldo, antes do início do jogo, que pena que vocês não brilharam na partida.


Bandeirão da Gaviões da Fiel em homenagem ao Ayrton Senna. Eu acho muito bonito o efeito, mas não gostaria de ficar embaixo de uma bandeira dessas e perder um gol, por exemplo. As vezes fico na dúvida se a turma da Gaviões da Fiel assiste os jogos ou só ficam zuando. Tenho certeza que a turma do Pavilhão 9 na acompanha o jogo, todas as vezes que eu olho para a torcida eles estão subindo e descendo as arquibancadas como uma dança. Haja pernas até o final do jogo.


Isso é hora de sentar? Às vezes tenho impressão que Dentinho também é ator, caçador de faltas às vezes ele não fica de pé nos jogos. Infelizmente nesse jogo um cruzeirense cabeceou a cabeça dele ao invés da bola.


Ibere e as luzes do Pacaembu.


Minha vez com as luzes.


Vai anoitecendo e temos uma bonita imagem do tobogã no início do segundo tempo.


O jogo.


E a incansável Gaviões da Fiel. Eles ficam cantando, tocando e fazendo coreografia o jogo todo. Aliás, eles que iniciam a maioria das canções que o estádio todo acompanha, É um efeito bem bonito.


Bandeir ão da Estopim.Acho muito bonito o efeito das bandeiras no estádio. É uma pena não poder mais ter bandeira de mastro. Culpa de são-paulinos e palmeirenses que não souberam se comportar.

Estou em processo de criação de meu convite de aniversário. Domingo fui ao jogo do Coringão e tirei umas fotos minha com o intuito de criar um convite todo personalizado. Gostaria que me ajudassem a escolher a melhor foto para convidar meus amigos.

Ah, quem tirou as fotos foi meu amigo Ibere, que me acompanhou ao jogo.

 

Se Ronaldo não sonha mais com o Flamengo, o que essa foto esta fazendo no site dele?

Tem coisa que só acredito no papel passado. Ele falando e não tendo nenhum contrato… difícil…


Anúncios