Blog do Sonho Eterno

Posts Tagged ‘Moda

Essa semana recebi o catálogo da Shoestock para nos inspirar para as compras de final de ano. Confesso que não me apaixonei por nada perdidamente, não tem nenhum salto muito generoso e nem minhas amadas meia-pata, mas separei algumas coisinhas para vocês….

O catálogo é simples, tem o acabamento brochura, ou seja, aquele com grampos. O meio e acapa são papel couche, sendo que a capa tem um banho de verniz, o que atribui mais brilho ao catáligo.

Acima, na página da direita, tem os meu modelo favorito do catálogo. Mas não me convenceu a ir a loja comprar…

Como muitos já anunciram, bolsas no estilo da birkin bag é super tendência para o verão. A Shoestock não ficou de fora. Vocês gostaram do modelito acima?

Outro sapato que gostei foram essas sapatilhas, sapatos baixos remetem a informalidade do verão…

Anúncios

Quem assistiu o Esquadrão da Moda dessa semana? Adorei o vestidinho da Vanessa Rozan no episódio da última terça-feira.  Aliás, adoro o estilo rocker da maquiadora, a cútis clarinha contratando com os cabelos bem escuro a la Joan Jett. Para quem possa interessar, o vestido bapho é  Reinaldo Lourenço e a sandália Cris Barros.

Falando em Esquadrão da Moda, ontem fui ao SBT ver a gravação do programa. Há algum tempo, pouco mais de um ano, inscrevi minha prima que usa e abusa de decotes ousados e só agora foi selecionada. Ví a gravação do que eles chamam de plasma, quando a participante assiste os depoimentos dos cúmplices. Eu gravei depoimento em casa, mas não vou aparecer na gravação de estúdio porque cheguei atrasada. Depois conto mais sobre.

Só sei que a coitada da minha prima está numa maratona de filmagens louca, deve estar exausta. Assim que tudo terminar, peço para contar alguma coisa aqui para o blog. A previsão para o programa dela ir para o ar é dia 16 de novembro. Fiquem ligados. Em breve volto para falar das minhas experiências sobre o programa, de como foi a entrevista e a gravação que assisti. Se minha prima (a participante) topar, colocarei as experiências dela também, que ao meu ver será muito mais bacana.

Xoxo

Esse friozinho gostoso que está fazendo em São Paulo é super favorável para as garotas que amam moda. Como temos temperaturas amenas, ou seja, nada tão pesado e congelante, podemos sair de casa muito estilosas e melhor arrumada, já que no verão é muito mais propício andar semi-nua por aí,  sem o menor glamour, onde até um bracelete nos esquenta.

Uma das coisas que mais gosto de usar quando as temperaturas abaixam são meia-calças. Acho fofo, dependendo do modelo pode deixar o visú mais sofisticado ou descolado. Por isso, o post de hoje é sobre as adoráveis meias-calças, a qual sou adepta. Como sou alta, a maior parte das calças ficam meio pula brejo para mim, então uso muito mais saia, no inverno preciso combinar com meia calça para não passar frio.

Aqui vale a pena registrar uma insatisfação que os modelos de tamanho único não me servem no cós. Mesmo tendo muito elastano, como a mesma coisa vai servir numa menina mirrada de 1,50m e numa outra de 1,80m? Muita diferença, né? Vamos pensar mais nas altas fabricantes!

1. Petit Poá

As meias com pequenas bolinhas, ou pontinhos, são a febre da temporada. Super femininas, podem quebrar a seriedade do visual, atrelando a muita feminilidade. Eu garanti duas, uma fininha com bolinhas pretas e outra grossa de pontinhos brancos. Sucesso garantido.

2. Branca


 

Uma das coisas que percebi foi a invasão das meias brancas. Antes era só pensada como uniforme de copeira, babá etc, mas hoje em dia já é possível encontrá-la no armário das fashionistas. Eu já usei a minha branca no dia a dia, mas havia comprado originalmente para vestir junto com uma fantasia de mamãe Noel.

3. Cinza is the new black


Quer sair do óbvio preto, agregar criatividade e estilo ao seu look? Aposto em meias cinzas!

4. Preto é básico


Não podíamos deixar de lado as meias pretas, que são as mais populares, mas não muito criativas.

5. Listras


Listras horizontais aumentam o volume das pernas ao ponto que linhas verticais alongam. Seja qual for a impressão que quiser causar, heis algumas idéias.

6. Onça


Oncinha. Eu ainda não consegui investir numa meia dessas, só encontro tamanho único… mas é um hit da temporada. Fica lindo em quem ter pernas mais para as finas.

7.Preto e Banco


As meias preto e branco com motivos geométricos são super diferentes, ainda não encontrei nada do estilo para vender aqui no Brasil.

8. Rasgado


Sou da seguinte opinião. Desfiou a meia e o resto da roupa cabe, rasgue tudo, vai parecer de propósito. Ou já saia de casa com as meias rasgadas. Quando era mais nova e queria ter uma atitude mais rocker usava e abusava de meias rasgadas.

9. Renda


As rendas são ultra-femininas, estão em alta, mas dependendo do desenho, pode engordar. Não apostei em nenhuma meia dessas para minah coleção de inverno desse ano. Até passe para frente minha meias rendadas.

10. Tie Dye


Uma novidade são as meias estilo tie dye. Caso vá use uma meia desse modelo, é ideal que o resto da roupa seja um pouco mais básica. O lance é tornar a meia a vedete da produção.

Aqui no Brasil compro meia-calça em lojas de departamentos, tipo Marisa (acho barato e tem muita variedade, só tome cuidado com a marca Marisa, as meias nunca estão no tamanho certo dentro da embalagem), Renner e C&A. Também já comprei meias no catálogo da Avon e na loja H&M nos Estados Unidos, onde tem estampas mais ousadas, uma vez ví uma meia cheia de corações.

Outra coisa, não tenho coragem de comprar meias muito dispendiosas, afinal de contas, rasgam com facilidade ou acumulam bolinhas. Tenho para mim que a meia é muito descartável, por isso fico ligada no preço!

Ando tão a flor da pele esses dias, muitas coisas preocupam minha cabeça e o blog tornou último plano em minha vida, por isso a escassez de assuntos relevantes e interessantes. Estou em débito com vocês meus leitores, eu sei, tinha muitos planos para falar de moda inverno, de dicas e etc, mas a vida anda atribulada, tenho poucos momentos de paz e felicidade no momento. Para espairecer um pouco, fiz uma comprinha na Renner, lá os precinhos são camaradas e cabem no nosso orçamento, por isso não vai achando de as roupas vão durar anos e anos, é bem fast fashion mesmo, mas quem não gosta? Minha fase de roupas caras já passou e faz tempo, na época da Pakalolo. Sou super adepta de lojas de departamentos, de liquidas e daquelas ruas simpáticas do centro da cidade que vendem roupas a preço de banana.

 Vamos as comprinhas:

Estou nessa fase de camisões. Ficam bem de várias maneiras, ou seja, são versáteis, confortáveis e ótimas para o inverno ameno de São Paulo. É muito difícil me ver cheia de roupas, sou muito calorenta. Na Renner sempre tem camisas interessantes a preços não muito salgados, para trabalhar, são ótimas, principalmente para mim que não gosto muito de formalidades…

Amo comprar lingerie básica na Renner. Tem até algumas coisas interessantes. Comprei esses dois conjuntinhos, sou viciada em lingeries, em usar conjuntinhos, acho que isso nos deixa mais confiante, mesmo que ninguém vá ver a roupa de baixo. Nunca usei uma regata no lugar do sutiã, mas vou fazer uma tentativa, deve ficar bom com camisas, já que conforme a gente senta, dependendo do modelo, principalmente as de botões, revelam o que não deveria do nosso corpo.

Para finalizar, esse pijaminha desse tecido molinho e fino. Não sei o nome dele, mas sou super fã, sinto me como se estivesse quase nua. Muito conforto na hora de dormir.

Hoje fui trabalhar toda trabalhada no geek style. Há alguns dias comprei no ETSY um óculos de aros largos e tamanho absurdo. Não consegui usar na hora porque a lente de plástico, desses bem vagabundos, cansavam minha visão e me dava dor de cabeça. Então fui há uma ótica e mandei fazer uma lente, que aliás, ficou mais caro que a própria armação!

Ontem meus óculos ficaram prontos, e como criança que sou, além de usá-lo para ir ao salão de beleza, fui trabalhar hoje. Coloquei uma roupa bem básica e discreta, já que a vedete da vez seriam meus óculos. Fiz uma maquilagem leve, só para dar uma corzinha na vida e esconder as olheiras. Chegando ao trabalho, meio que fui o centro das atenções. Alguns me atribuíram a semelhança há alguns personagens…

 

…porém outros, mais safadinhos, me deram uma atitude sexy, mesmo minha saia estando nos joelhos, meu salto mediano, e meu decote todo tampadinho. Um chefãode lá disse que estava fantasiada de executiva fatal. Depois que viu a besteira que falou e devido o grau de intimidade, praticamente nulo, ficou todo sem graça e vermelho. Eu também fiquei corada. Outra amiga falou que estava parecendo uma professora sexy, dessas de filmes pornô. E o pior, a outra complementou que eu devia fazer um cabelo amarrado, despenteado e na hora do rala e rola soltar o cabelo, meio no estilo femme fatale, tirar os óculos e usar uma lingerie provocante para o suposto parceiro sexual ver o mulherão que sou. Ainda completou que o cara ia me achar muita areia para o caminhãozinho dele. Casquei o bico. Primeiro fiquei lisonjeada com o mulherão, mas achei muito engraçado achar que meu parceiro seria inferior. Ele não é não!

Honestamnte gostei mais das qualificações sexy do que as de  feiura.  Ah, teve uma amiga que pediu para ver minha foto com os óculos, aqui está!

Os cupcakes com certeza são os docinhos do momento. Além de gostosos, são lindos, do tipo de coisa que a gente come com os olhos e as crianças adoram! As vezes faço uns aqui em casa, além de ter alguns tipos de forma, os meus bolinhos são especiais, não levam ovos, afinal de contas, sou vegetariana, okay?





Sábado fui a C&A do Shopping União aqui em Osasco e encontrei a coleção de acessórios e de underwear da Nicole, líder da banda Pussy Car Dolls. Na verdade conheço muito pouco sobre a cantora, mas me apaixonei por várias coisinhas da coleção e fiz uma comprinha para mim, queria ter comprado mais, mas a consciência falou mais alto, afina de contas, só tenho dois braços.
Minhas compras:


O que achei fofo é que as coisinhas vem nesse saquinho fofo, na verdade acho que a C&A devia tratar melhor suas bijux. Nunca fui muito de comprar acessórios na C&A, mas com a tendência rocker me encaixo em várias peças e acho bem estranho a gente comprar um bocado de bijux e eles jogarem junto com as roupas em sacolas plásticas. As bijux nem são tão baratas para ser tratadas dessa forma tão descomprometida. Fica o recado.