Blog do Sonho Eterno

Posts Tagged ‘Mulher

Uma mulher invejosa é pior que uma cobra. Conheça abaixo algumas características da mulher invejosa, se souber mais alguma, não exite em comentar.

1º. Ela é mais feia do que você

Perceba, aquelas mulheres que te invejam, na maior parte das vezes, são mais feias que você e se sentem inseguras com sua presença estonteante. Embora não considere beleza fator protuberante, as meninas com baixa auto-estima temem as mais belas ou as mais felizes e querem que elas morram, muitas vezes não no sentido literal da palavra, mas desejam que elas se dêem mal em todos os âmbitos da vida. Como não podem falar que você é feia, porque se não fica muito evidente a dor-de-cotovelo, inventam outras coisas cabulosas a seu respeito, que depõe muito mais contra quem diz, do que quem é o alvo da fofoca.

2º. Ela é mais gorda do que você

 

Quando era mais nova tinha uma professora de psicologia que garantia que todo obeso era infeliz. E mais, pediu para observar os gordinhos, como muitos deles riam de forma escandalosa. Tudo para esconder alguma frustração. Afinal de contas, para chegar ao ponto da obesidade só estando mal consigo mesmo, porque o normal é fazer um regime antes de estar num ponto critico. E daí as mulheres de cabeça fraca invejam as mais magrinhas e dispostas. Não precisa ser a Gisele Bündchen para ser alvo desse tipo de pessoa e sim caber numa calça número 40, elas estão acima dos 46 e sonham com esse número há anos. Outro detalhe para perceber essa mulher é que no Orkut e Face Book ela só coloca foto de close, para esconder o barrigon.

3º. Ela tenta queimar seu filme

 

Sim, claro, faz todo sentido. A mulher que tem inveja de você fala coisas discrepantes ao seu respeito. Geralmente sem nenhum fundo de verdade, são invenções mirabolantes… Esse tipo de mulher muitas vezes é improdutiva e passa horas e horas na internet cuidando da vida alheia, já que sua vidinha é tão sem sal. No íntimo, ela sonha em ser feliz como você e até ter as suas coisas. Cuidado, vá uma benzedeira quando cruzar com uma pessoa assim e tome banho de sal grosso, independente de sua religião. Ajuda afastar maus presságios.

4º. Ela tem menos luxo que você

 

Completamente. Sou uma pessoa bem de classe média daqui de Osasco. Tenho alguns luxos e confortos de uma vida mediana. Amo viajar, amo comer em bons restaurantes, amo poder fazer boa parte das coisas que tenho vontade… Enfim, bens materiais são uma das coisas que mais atiça a inveja alheia. Aliás, muitas vezes que sei que vou encontrar certos tipos de mulher, prefiro deixar minha bolsa daquela marca em casa, é sério, impressionante como crescem os olhos nela. Já até me perguntaram se a bolsa é original. Pode?

5º. Ela é mal amada

 

Não posso dizer que ela é solteirona, porque eu sou e sou realizada e feliz. Mas pior que ser solteira é aquela solidão acompanhada. Sabe? Ter alguém que você não gosta ou que não gosta de você, uma pessoa que não tem afinidade. Manter relacionamentos por comodidade, só para não estar sozinha. Por que as mulheres temem tanto a solidão? Muitas sustentam caras para não se sentirem sós e daí ficam loucas procurando alguém para amar de verdade, mulher gosta de romance. Fazem isso enquanto literalmente sustentam outro relacionamento no banho-maria. Outras dessas mulheres mal amadas são mães solteiras e ficaram amarguradas por terem sido deixadas, qualquer mulher de médio esclarecimento sabe que filho não segura homem.

6º. Ela é motivo de piada

 

Sim, sim. Todo mundo saca uma mulher invejosa. Ela vira motivo de chacota entre um grupinho de conhecidos. Por isso se não quer ser a palhaça da vez, controle-se! Sugiro que cante o Maha Manta Hare Krishna, sempre que aquela pontinha de inveja bater em sua porta. Não tenha uma religião só para fachada, siga-a.

7º. Ela é cafoninha

 

Alguém já viu uma mulher bem vestida com inveja de uma cafoninha? Nãaaaaaaaao! É sempre assim as garotas bregas invejam o bom gosto e o estilo das it-girls. As mulheres belas e elegantes tem bom gosto, sempre estão bem vestidas e se maqueiam de uma forma bonita, adequada e não ficam parecendo uma palhaça. As cafoninhas muitas vezes tem aquele cabelo cor-de-água-de-salsicha, numa alquimia feita em casa para economizar dinheiro, acham que a pele marcada por manchas é cool e se vestir bem é coisa para os fracos. Essa semana minha mãe foi à igreja matriz de Osasco, que é a igreja de Santo Antônio, o santo casamenteiro. O Padre falou para as meninas não acreditarem em nenhum tipo de superstição e sugeriu pararem de fazer maldades com o Santo. Aconselhou ainda que devessem se vestir melhor, disse que não precisava roupa de marca e, o que achei mais engraçado, falou para pararem de andar com os cabelos amarrados e fazerem chapinha. Amei a sinceridade.

8º. Ela não tem sex appeal

 

 

Sabe aquela mulher sem graça? Que sempre tem a mesma cara lavada? Não tem cheiro bom? Ou são fedidinhas ou cheiram roupa velha e guardada? Aquelas que sentam e mostram o rego, que deixam o cabelo com raiz, que não usam lingerie bonita, que usam meia esporte com sapato social, que usam bolsa que parece sacola promocional de xampu, que não usam perfume, que parecem botijão que gás daquelas casas que colocam capinha florida, que não escovam os dentes… não acho que a mulher tem que ser fogosa e vulgar, mas ter charme e ser sexy quando for conveniente. Comece investindo numa lingerie legal.

9º. Ela é chatinha

   

Ela é chata, repetitiva, não tem um bom papo, fofoqueira, ama falar mal dos outros… geralmente não tem muitos amigos, porque não sabe ser amiga de ninguém. Aliás, quem aguenta pessoas falando mal das pessoas que a gente gosta durante muito tempo? Ninguém, né?

10º. Ela te faz mais POP

Ela é tão tonta, tão tonta que fica falando de você, te promovendo. Ela também é intrigueira, mas na verdade todo esse ódio é para esconder alguma frustração mental e muitas inseguranças. No fundo, no fundo é mal resolvida com sigo mesmo, dá muito valor para o que os outros pensam dela  

 Se estiver sendo vítima de alguma, tome banho de sal grosso e coloque um raminho de arruda na orelha. Funciona…

Anúncios

 

Algumas coisas que todas as mulheres precisariam saber.

1.  Se o relacionamento está ruim, você pode terminar.

2.  Se o relacionamento está ruim, se casar não vai melhorar, a tendência é piorar.

3.  Se o relacionamento está ruim, não tenha filhos para segurá-lo. Isso pode até deixá-lo com você por algum tempo, mas se o interesse em se separar já existia, é isso que vai acontecer num futuro próximo.

4.  Não vá morar na casa da sogra ou na da sua mãe.

5.  Não envolva tantos terceiros (mãe, sogra, cunhadas) em seu relacionamento, lembre-se quem está apaixonado é você e não o resto da família.

6.  Não se é feliz com um amor e uma choupana, aquela novela Mari Mar não condiz com a realidade.

7.  Existe prazer além do sexo.

8.  Existe felicidade sem namorado.

9.  Transar não te faz superior a ninguém, lembre-se que até os cachorros vira-latas fazem sexo.

10.Quem ama cuida. O seu parceiro não deve aceitar que se coloque em risco apenas para lhe fazer um favor. Mulher é alvo preterido dos meliantes.

11.Homem é que nem biscoito, sai um, vem oito. Todas as vezes que um namoro meu acabou fui muito galanteada. Não tenha medo, você arruma outro namorado fácil.

12.Mas se quiser, pode não namorar ninguém. Ficar sem namorado também é bom.

13.Se seu namorado te pedir em casamento, você pode não aceitar, caso não esteja segura.

14.Porém esteja preparada para levar um fora, já aconteceu comigo. Algumas pessoas tem o ego tão elevado que se descontrolam com uma negativa, não querer casar não quer dizer não gostar.  

15.Você não é tão especial ao ponto dos homens mudarem por sua causa.

16.Se um homem traiu a mulher para ficar com você, você será a próxima traída.Fato!

17.Tem casais com 30 anos de casados que vivem ainda apaixonados, acredite no amor.

18.Nem todos os homens são cafajestes, mas tome cuidado com todas as mulheres que paqueram homem comprometido.

19.Aquela sua amiga que compra a bolsa igual a sua, imita a sua letra, fala as mesmas gírias que você… sabe? Tome cuidado, ela pode querer seu namorado também. Falo isso por experiência própria.

20.Fique de olho em todas as suas amigas piriguetes, as mulheres não valorizam mais a amizade e muitas tem pouca ética. Falo isso também por experiência própria.

Tags:

Sim, posso responder isso por experiência própria. Tenho 1,79m, até descalça estou acima da média da brasileira e do brasileiro, sendo assim, mesmo que esteja com uma roupa bem simples, chamo atenção por minha estatura acima dos padrões. Mesmo com sapatos flats percebo pessoas olhando para meus pés para ver se estou ou não de salto, e quando estou de salto, fico ainda mais alta, mais chamativa e as pessoas olham mais ainda para mim e para os meus pezitchos.

Outro dia fui jantar com papai e ele ficou ao meu lado no espelho do elevador. Justo ele que tem 1,91m e mesmo assim, se não estava menor do que eu, pelo menos era do meu tamanho. Inconformado afirmou que – assim você não arruma namorado. E quem disse que estou procurando? Daí semana passada encontrei meu vizinho, um senhor, para o meu padrão baixinho, porque mesmo sem salto ele é menor do que eu. Estava com um salto que chamo de médio, daqueles sapatos do dia a dia, com salto 12 cm e aquela meia-pata que nos garante certo conforto. Ele se incomodou como o meu tamanho, devia estar uns 40 cm mais alta que ele. Comentou que estava alta demais. Lia um livro, então não dei muita atenção, já que esse é um dos assuntos que mais escuto desde que fiz 12 anos. Minha mãe explicou que amava salto alto, que tinha muitos pares de sapatos. Vendo sua cara meio de desgosto, fechei o livro e expliquei que aquele era um salto médio que eu amava ser alta e estar ainda mais alta, quis alfinetar. Gosto de ser elegante. E a conversa foi essa pelos 16 andares abaixo. Ele ia descer no térreo e eu ia para o subsolo, quando ele saltou do elevador, com a porta entreaberta olhou para mim e disse mulher alta tem que cuidar e usar saltos moderadamente.

Ah vá!?! Onde está escrito isso? Hellooooow! Em que mundo ele vive? O padrão de beleza imposto para a moda é a menina alta e magra, e mesmo assim, essa mulher usa salto alto! Quem já viu desfiles de moda? As modelos usam saltos altos, muitos deles tão altos que não serão comercializados e só servem para a passarela e daí vem um Zé Mané me dizer que mulher alta não deve usar salto? Quem disse? Deve ter sido a legião de baixinhos, a qual ele faz parte, e teme que o homem baixo aparenta ser menos viril? Ou uma mulher alta parece mais poderosa e lhes dão medo? Não sei, só sei que esse tipo de comentário infeliz pode gerar complexo, acredite, tem gente que não gosta de ser alta, assim como tem mulher que ama ser mignon. Pode gerar bulling na escola onde uma criança desdenha da outra a chamando de girafa. Cuidado país, vocês são os principais formadores de opinião de seus filhos.

Ontem foi o dia das mulheres. Mas fico um pouco com o pé atras, sabe? O que nós, mulheres contemporâneas fizemos para ter um dia para chamar de nosso? Ou carecer tal homenagem? E sem falar que a data as vezes me parece ser tão machista, afinal, não existe um dia para os garotos. O dia das mulheres é legal pela possibilidade do paparico, de ganhar flores, aliás a dia está perigando a ser outro dia comercial, já que as floriculturas e chocolateiras devem bombar de tanto vender…

Porém a pouco mais de meio século algumas mulheres militantes lutaram pelos seus direitos de trabalhar e terem salários justos, umas foram queimadas e outras preferiram queimar apenas o sutiã. Tudo bem, já adquirimos alguns direitos, como o de ter alma e votar, se bem que abriria mão facilmente dessa última obrigação. Infelizmente, na realidade não mudou muita coisa para nós mulheres, embora as pesquisas apontam que nós estudamos mais que os homens, nossos salários são mais baixos. A única profissão que mulher ganha mais que homem é modelo, ou seja, não requer nenhum estudo a não ser abençoada por uma ótima aparência. E nós (as mulheres) que lutamosram séculos e séculos para não sermos vistas como meros adornos, como troféus participamos, ainda que assistindo pela tevê, de concursos de misses e aplaudimos mulheres lipoaspiradas e plastificadas, aprovando uma beleza praticamente intangível. Não acho que temos muito o que comemorar.

Hoje em dia as mulheres só pensam em ter um shape perfeito para conquistar um bom partido e dar um golpe do baú. Os homens, que são mais ingênuos por natureza, caem no esquema feito patinho e enchem as vacas de joia, que os traem com o gatinho da academia. A real é que não damos tanto valor ao trabalho ou a profissão, se tivermos um homem para nos sustentar e pagar nosso cabeleireiro não exitamos em parar de trabalhar. Não vejo motivo para comemorar, não mesmo, não mereço os parabéns, além de não ter feito absolutamente nada pelo direito de ter alma e votar, não escolhi ser mulher, ainda que ame tudo isso que esse sexo me possibilita.

Pronto, falei!

Adorei esse comercial que Volks fez para homenagear as mulheres hoje. Concordo com tudo isso. Fê, te dedico, falei para ver o comercial.

Na Folha Bancária de hoje, me assustei com duas manchetes. A primeira é:

Licença de seis meses traz disposição sobre aquela lei de deixar a mãe tirar seis meses de licença maternidade. Isso para a mãe e filho sem dúvida é muito legal e importante. A mãe teria mais tempo para se dedicar aquele serzinho que recém chegou ao mundo e amamentar por seis meses a criança. Porém vejo essa lei como mais um processo de discriminação das trabalhadoras. Se já não tínhamos cargos de confiança como os homens, agora muitas empresas pensarão duas vezes antes de nos contratar.

Outro tiro pela culatra foi à manchete Aposentadoria com plano de saúde. Obvio que seria ótimo nos aposentar e continuar com plano de saúde, porém se essa lei for aprovada você acha que alguém vai se aposentar empregado? O trabalhador quando chegar próximo a idade da aposentadoria será desligado da empresa sem o menor pudor.

A vida adulta não pode ser tão romântica, temos que ter os dois pés no chão afinal de contas vivemos numa época que cada vez é mais difícil ter assinatura na carteia de trabalho e mexer com classes já discriminadas, como mulheres e idosos, não vai ajudar em nada!

Tomei a liberdade para contar sobre um caso de violência domestica que aconteceu com uma amiga e aí vocês vêem porque muitos casos semelhantes e até mais graves ficam impunes porque a mulher se vê coagida (principalmente pela família) a não denunciar!

O caso foi entre o irmão um glutão de quase dois metros de altura e sua irmã recém operada. Como todas as manhãs os irmãos vão trabalhar juntos. A garota sempre reclama que tem que ficar chamando o irmão várias vezes na porta para ele levantar sempre atrasado, tão atrasado meus caros leitores que não escova os dentes, penteia o cabelo ou lava o rosto antes de ir trabalhar uma verdadeira nojeira e desrespeito com os terceiros que vão ter que agüentar seu odor narrado como medonho.

Nessa manhã aconteceu mais uma discussão sobre o atraso e a falta de limpeza, porém dessa vez o rapaz foi mais rude do que outrora, além de ter agredido uma mulher que é menor que ele e mais fraca, ela tinha feito uma cirurgia cinco dias antes do fato.

Deixe-me contar-lhes o que aconteceu. Quando começou a discussão sobre os atrasos o rapaz lembrou a irmã que ela que pegava carona e se ela quisesse continuar indo com ele, deveria aceitar chagar todos os dias atrasada. A menina lembrou que seu carro ficava em casa (porque ela também tem um) para deixar um carro com sua mãe que vira e mexe precisa sair e usa ônibus, como trabalham no mesmo lugar, no mesmo horário, nada mais humano e inteligente que dividirem um carro e deixar outro em casa para evitar que a mãe dos dois (que é a mesma pessoa) ande de ônibus. A Resposta dele foi que queria que a mãe e a menina se f*dessem, que ele pouco se importava com as duas.

Essa conversa era como um monólogo o menino descontrolado gritava. Ainda disse que a irmã era ruim de estragar o dia dele. A menina que era ruim? E ele não se importando com a própria mãe? Acredito que nesses casos onde a pessoa faz e desfaz e ainda se coloca na posição de vítima são os mais graves, porque realmente acreditam serem vítimas. A irmã pediu que ele fechasse a boca, que a partir dali cada um usaria o seu carro, mas que ele deveria se calar porque exalava um forte odor de sua boca. Imagina ficar tantos dias sem escovar os dentes o cheiro que não fica na boca?

Ele esbravejou e baforou em direção a irmã. Começou a chamá-la de vagabunda e coisas piores enquanto dirigia o carro que era da garota. O dele ficaria em casa porque havia batido mais uma vez e a mãe dele, aquela que ele pouco se importava, levaria o carro ao funileiro e inclusive pagaria pelo serviço.

A garota ficou com medo, já não falava mais nada só ficava assistindo ao horror show. Quando o garoto dirigiu numa rua calma e viu uma lombada gritou -agora você vai voar. E acelerou o carro em direção a lombada. A irmã teve tempo de abaixar a cabeça para se proteger, afinal de contas recém operada e ainda com curativo, alguma coisa poderia literalmente sair do lugar. Ouviu-se uma gargalhada daquelas de louco de telenovela. A garota simplesmente colocou o carro no ponto morto e puxou o freio de mão. Fez o maior barulho de breque na rua, um homem que abria o portão parou para ver o que acontecia. A garota mandou o monstro, quer dizer irmão descer. Ele não queria sair do carro, ela tentou puxar a chave de contato e ele impedia. Nesse instante ele começou a agredi-la, deu-lhe um soco no braço e ela gritou -eu acabei de operar. Nesse instante ela conseguiu pegar a chave dele e saltou do carro. Ele também saiu e se caminhou pela calçada. Com as vistas embaçadas começou a dirigir. Minha amiga conta que estava com muita raiva e tinha duas caixas de CDs dele dentro do carro (uma cheia e outra vazia) e ela não pensou duas vezes, jogou perto dele quando o encontrou na rua.

Ela queria muito ir a policia, consultou uma amiga que é advogada que a lembrou da lei Maria da Penha, a mesma que Luana Piovani acusou o ex-namorado Dado Dolabela. Porém a menina ludibriada pela mãe achou melhor não fazer nenhum B.O. ou denuncia, prometeu que da próxima vez faz. Torcemos para que não haja uma próxima vez e se houver que ela não esteja morta para denunciar.

Vejam as fotos do hematoma:

 

Image Hosted by ImageShack.us

Update 30.11.08

O que acho mais interessante nesse caso é que o irmão se colocou na posição de vítima defronte a terrível irmã. Por isso gente tem que denunciar na polícia! A minha amiga disse que tinha testemunhas: um rapaz que abria o portão e um carro de parou atras do carro dela. O irmão disse que só agrediu a irmã porque ela deu um soco na cara dele e jogou seus cds na rua. A história dela é que com uma mão defendia os olhos recém operados e com a outra tentava tirar a chave do contato (a terceira mão dela deve ter lhe dado um soco na cara) e só jogou o cds do rapaz no chão com o carro em movimento, sendo assim não poderia ter sido agredida por isso.

Image Hosted by ImageShack.us

Duas semanas após a agressão o braço da garota está assim, no caso no rosto do irmão, nenhuma vermelhidão, nem do dia da briga.