Blog do Sonho Eterno

Posts Tagged ‘Outback São Paulo

Embora seja vegetariana há 14 anos, gosto de comer no Outback. Tem algumas opções para mim como as fritas, dois tipo de macarrão, saladas e uma sobremesa de coco queimado deliciosa. Sempre achei que o sabor e o atendimento de lá compensavam a espera, que muitas vezes pode ser longa e o preço para lá de salgado. Já fui às filiais de Alphaville, Shopping Eldorado, Shopping Burbon, Campinas e New York e ainda não tinha tido problema semelhante como o que me aconteceu ontem de noite.

Foi na filial do Shopping Eldorado, do proprietário Eduardo de Godoy Moreira. Chegamos ao Outback as 19:18h, quando demos o nosso nome para a recepcionista fomos alertados que haviam 11 mesas em nossa frente, como não estávamos com pressa não nos importamos. Chegamos à área do bar e ainda tinham muitas cadeiras disponíveis, sentamos e começamos a conversar. Quando deu uma hora de espera começamos a sentir a demora e começar a observar que as pessoas que haviam chegado bem depois da gente levavam cerca de 20 minutos para serem encaminhadas as suas mesas. Só que as pessoas que observamos eram as que estavam com mais de duas pessoas, sendo assim, imaginamos que eles estavam esperando mesas de duas pessoas para nos dar acomodar. Coisa que achamos um absurdo!

Quando nossa marca de espera deu duas horas reclamamos com o garçom! Ele simpaticamente respondeu vocês estão esperando mesa? A vontade que eu tive foi dizer, não, estou esperando o Papa chegar e ele foi verificar. Nosso pager era de número 7. Minutos depois ele nos informou que já seriamos chamados.

Pouco depois veio uma moça e perguntou se era a gente que o pager havia sido chamado e não tinha funcionado. Nem sabíamos que tinha acontecido isso, afinal o garçom não nos disse nada! Ela ligou para outra pessoa e viu sim que nós éramos o pager com problema. A meu ver, quando um restaurante vê que chamou uma pessoa e ela não foi deveria, no mínimo, procurar pela espera, mesmo porque eles tem um sistema de microfone que chamam alguns pelo nome quando acabam os pagers, mas não o fizeram.

Exatamente as 21:36h sentamos em nossa mesa. Fizemos o nosso pedido e não demorou muito para chegar, o recebemos as 21:48h. Começamos a comer e quando olho para minha surpresa um cabelo enorme no meu macarrão. Que nojo! Na hora lembrei daquela lei paulistana que os cozinheiros deveriam usar touca e mascara na boca, não sei se a lei não deu certo ou se não existe fiscalização.

Mostrei para a garçonete e ela prontamente trocou meu prato trazendo um novo. Ao final, quando pedimos a conta o meu macarrão foi descontado, porém pagamos os 10% do serviço, porque embora tenha sido muito mal atendida anteriormente pela garçonete, se não me engano Roberta, fomos bem atendidos. As 22:29h, ou seja pouco mais de três horas depois, fomos embora.

Fiquei bastante frustrada, sempre gostei do restaurante, mas ontem a coisa estava russa. Até o banheiro estava imundo, sem papel higiênico nas cabinas do vaso sanitário, um cheiro insuportável de xixi e os lixos com papel até para fora de tanto tempo que não vinha uma faxineira no local. Lastimável.

Update 7 de junho de 2009

Eu sou brasileira e não desisto nunca! Hoje inesperadamente voltei por total comodidade ao Outback do shopping Eldorado. Quando entramos a recepcionista nos disse que havia nove mesas em nossa frente. Sentamos na área do bar e pedimos um refrigerante e uma porção de batatas frita sem bacon. Um casal que sentou 20 minutos após a nossa chegada foi chamado, eu olhei no relógio e já estávamos 42 minutos na espera. Meu irmão foi verificar se havia algo de errado e mais uma vez o nosso pager de número 78 não foi chamado. A moça trocou por um de número 21 e disse que seriamos a próxima mesa que vagasse. Após mais 10 minutos de espera e por não termos sido a próxima mesa pagamos a conta do bar e fomos embora.
Quando pedimos a conta o rapaz do bar perguntou se podia incluir o serviço, dessa vez meu irmão foi firme e disse que serviço? Ficamos aqui o maior tempão aqui e não nos atenderam em uma mesa.


Canhoto do nosso pagamento ao restaurante. A recepcionista desconfiou que nosso pager não tocou porque estávamos passeando no shopping, aqui esta a prova de que estávamos na área do bar do Outback. Alias, estávamos no mesmo lugar que ficamos no sábado passado e não fomos chamados. Estou desconfiando que o pager não funciona dentro do próprio restaurante.


Peguei o pager emprestado para provar que não fomos atendidos e que ninguém estava nem aí para a gente.

Anúncios

Anúncios