Blog do Sonho Eterno

Posts Tagged ‘Religião

Numa conversa com um devoto Hare Krishna, veio a seguinte dúvida, o que é sexo ilícito? É só o ato sexual em si fora do casamento ou algumas atitudes libidinosas podem ser consideradas?

Para quem não sabe, sou Hare Krishna, que é uma religião de origem indiana e quanto somos iniciadas, tipo um batismo dentro da religião, estabelecemos um vínculo com um mestre espiritual prometemos algumas coisas a ele, dentre elas não fazer sexo ilícito. Gostaria de saber com vocês o que entende por sexo ilícito. Analise o caso fictício abaixo:

-Um devoto, casado, com filho e vive dando perdidos na mulher, indo a encontros com outras mulheres inclusive em bares. Ele dança com, abraça, acaricia outras mulheres, numa paquera bem forte. Só não fez o sexo propriamente dito, porque a garota não quis. Noutra ocasião, mandou flores e cartinha de amor para uma amiga de sua esposa.

Daí vem minha pergunta, diante de tanta luxuria. Isso é considerado traição? E mesmo que não tenha o ato sexual, considera que essas pessoas estejam descumprindo a promessa de sexo ilícito feia ao Guru? E por fim, você considera esses comportamentos libidinosos algo coerente com pessoas religiosas? Perguntei isso há alguns amigos, eis abaixo as respostas:

Não é quebra de promessa:

 
Não acho que seja sexo ilícito, mas acho que é traição sim e falta de caráter. Na questão religiosa não é certo.
(Fernanda tem 19 anos, é casada, faz faculdade de comércio exterior e é bancária de Osasco – SP)

 

 

 

 

Não sei se considero os dois exemplos abaixo como traição, não é porque você se casa com uma pessoa que tem obrigação de ficar com ela para o resto da vida. A convivência ajuda a quebrar várias ilusões. É claro que, como “casado” a pessoa deveria ter um certo respeito com o parceiro, mas se é isso que a faz feliz, é sempre bom estar em paz com nossas atitudes. Ninguém vive nossa vida a não ser nós mesmo. Assim como ninguém se priva de se fazer feliz para nos fazer feliz.
(Bia tem 20 anos, tem namorado, faz faculdade de jornalismo e também é bancária de Osasco – SP)

 

 

Se ele prometeu somente que não faria sexo ilícito, não houve quebra de promessa. Porém acho que é traição sim mano, independentemente de religiões.
(Lais tem 21 anos, é solteira, faz faculdade de administração é bancária, mas de São Paulo – SP)

 

 

 

Bom, acho que tudo isso é errado independente da religião que seguem! Se ambos querem paquerar e ter encontros com varias pessoas porque se casaram? Porém mesmo que fossem solteiros e tivessem encontros com varias pessoas também seriam promíscuos né?

Pergunta da bloqueira: Você acha que mesmo não havendo o ato sexual em si, houve quebra dos princípios com o Guru?
Em relação a sexo ilícito não houve quebra, porém não acho que os princípios com o Guru incluam promiscuidade, não houve sexo em si mais houve traição né? Não vejo traição apenas no sexo, acho que uma simples paquera pela net já é uma traição né?
(Cecilia tem 28 anos, namora e é professora de educação física em Campinas – SP)

O que me deixou bastante encafifada foi que ao encaminhar a entrevista para meus amigos, pensei que os homens teriam um conceito mais liberal, se é assim que podemos chamar, no entanto todos foram mais conservadores. Aliás, o que me dá certo alívio…

É quebra de promessa:

 
Creio eu que isso é uma dupla traição. E sim, também sexo ilícito, se o ato assim se consumar. Dupla traição,pois trai-se um dos Dogmas em que se legitimava, e também, a quem teoricamente se ama. A grande verdade é que a falta de ética, não está nos Hares, Cristãos ou Budistas. Trata-se de uma crise ética que há tempos se faz presente. Não me julgo ético também, embora nunca tenha traído, mas entendo que isso é uma crise humana que não tem nada há ver com religiões, mas sim com a banalização do amor, do sexo e das relações entre os indivíduos que não mais se respeitam. Onde seres humanos têm coração de plástico. Ninguém vale muita coisa.

 
Pergunta da blogueira: Mas você acha que houve a quebra de princípio?

 
Evidente que sim, só não acho que é um problema exclusivo dos Hares. Vocês têm um princípio, e traição, creio ser ilícito, logo ha a quebra. Pelo menos eu acho que há!
(Leo tem 22 anos, é solteiro, piloto de avião, cantor de MPB e faz faculdade de letras em São Paulo capital)

Totalmente. Eu acho que esse tipo de atitude pode ser ainda mais grave do que a traição carnal (sexo ilícito) devido a intenção libidinosa nos dois casos relatados. Sendo ou não religioso eu não aprovo e abomino pessoas que desrespeitam o companheiro descaradamente diante de outras pessoas, essas quais que observam passam a achar que o traído é um trouxa ou coitado, imaginem você sendo considerado um idiota diante de seus amigos.
Estas atitudes são imperdoáveis pra mim, que não sou uma pessoa religiosa, imagina pra quem faz juramentos e segue uma doutrina mais rígida. Por fim, acho que deveriam inclusive ser expulsos da religião.

(Karina tem 35 anos, é casada e tem uma filha linda. Também é bancária de Osasco – SP)

 

Considero a atitude destas duas pessoas inaceitável ,tanto por serem casadas como por terem vinculo religioso
Pois não estão respeitando nem seus companheiros nem o voto religioso que fizeram , e sobre o fato de não ter consumado o ato sexual, para mim não deixa de ser ato ilícito e traição ,e esta claro que esta não é atitude de pessoas com caráter religioso(cristão) muito pelo contrario , são uma vergonha pois as pessoas não criticam a pessoa e sim a religião a que ela pertence.

(Nalva tem 40 anos, é casada, mãe de 3 filhos lindos e bancária de Osasco –SP)

 

 

Em minha opinião isso é sim traição. Não importa se ha sexo ou não, as atitudes de ambos já são consideradas traição. E sexo ilícito pra mim é isso.. não precisa o ato em si… mas sim essa pouca vergonha…
(Eline tem 27 anos, casada e estuda inglês em Sidney – Austrália)

 

 

 

Sou totalmente contra a todos os fatos abaixo descritos, não só tais atos cometidos por pessoas religiosas como também não religiosas. Em minha opinião, se você tem um compromisso com uma pessoa , seja um namoro, noivado ou casamento (ainda mais se tiver filhos), estes atos são coisas que eu considero totalmente erradas. A partir do momento que você deseja outras pessoas, seja sentimentalmente ou de forma carnal (mesmo que não cheguem a ter relações Sexuais), não há mais sentido para estarem juntos, portanto, devem se separar, mas nunca cometer estes atos abaixo descritos.

 
Pergunta da blogueira: Você acha que eles descumpriram as normas da religião? Mesmo não tendo o ato sexual?


Em minha opinião, sim.
(Bryan tem 24 anos, namora e também é outro bancário de Osasco – SP)

 

Em minha opinião é sim UM TIPO de traição, que não chega as vias de fato, mas que está beirando tal, mas aí vai da consciência e dos valores morais de cada um. Lembrando sempre de que somos imperfeitos e falhos, passíveis a mudanças de comportamento.


Pergunta da blogueira: Você acha que eles descumpriram as normas da religião? Mesmo não tendo o ato sexual?

Este tipo de comportamento não condiz com a imagem de uma pessoa que está tentando seguir um caminho mais (digamos) “puro”, esse tipo de atitude “suja” sim a imagem Hare Krishna, quem busca a pureza não deve praticar atos impuros, pois como já dizia o velho ditado que basta uma maça podre para estragar um cesto inteiro.
Enfim, acredito que a promessa foi sim quebrada, pois não é apenas uma questão de seguir ao pé da letra, e sim se esforçar ao máximo para levar uma vida mais pura e livre dos pensamentos carnais, visando um futuro (seja no céu, no paraíso, em uma boa reencarnação, etc).

(Monalisa tem 26 anos, está noiva, é designer e mora em Osasco – SP)

 

Na minha modesta opinião, essas pessoas deveriam freqüentar o Projac. Querem ter aquele tipo de vida que pessoas como o Marcos Paulo e a Deborah Secco levam. Comprometer-se com religião deve ser algo sério e não um alicerce hipócrita para autopromoção embasado em vestimentas e gestos sacros.
Enfim, o ser humano é pouquíssimo evoluído.


Pergunta da blogueira: Então você acha que eles descumpriram as normas da religião? Mesmo não tendo o ato sexual?


Sim, acho.
(Guilherme tem 24 anos, está solteiro, é designer digital e produtor musical aqui de Osasco – SP)

Minha Opinião:
Talvez seja mais tradicional e radical que a maioria das mulheres. Creio que inclusive por conta disso sou bem difícil de namorar. Já ouvi dizer inclusive que sexo oral não é considerado quebra de princípios regulativos, um absurdo, e a meu ver, qualquer insinuação mais grosseira e pesada é sim uma quebra desse princípio de sexo ilícito. Concordo com tudo o que o Leo (depoimento acima) disse, não é apenas um fato isolado em determinada religião e sim a perda de alguns valores morais, que infelizmente com o passar do tempo vamos nos adaptando e até aceitando. O que percebo entre os devotos de minha religião é que dos quatro princípios regulativos (não praticar jogos de azar, não se intoxicar, não fazer sexo ilícito e ser lacto – vegetariano) apenas o ser vegetariano é cumprido e em muitos casos não totalmente a risca, porque já ouvi uma conversinha que a mãe fazia uma lasanha meio vegerariana, meio com carne, mas o nosso bom-senso sabe que tudo isso numa mesma forma haverá contaminação. Não dão valor aos outros princípios, ignoram por conta própria o que nos atribui a constatação de falso puritanismo.

Anúncios

A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, Fundador Acarya da Sociedade Internacional para a Consciência de Krishna, abandonou o corpo em Novembro de 1977, em Vrindavana, a terra sagrada do nascimento de Krishna. Ele estava cercado por muitos discípulos amorosos e deixou um legado de milhares de devotos de Krishna, mais de cem templos, e muitos ensinamentos reverênciados em seus livros.

Neste dia, os fazendeiros de Vrindavana (onde o Senhor Krishna apareceu na Terra) tradicionalmente realizavam um festival em honra do semi-deus Indra, que fornecia as chuvas essenciais para suas colheitas. Krishna, entretanto, convenceu-os a honrar a Colina de Govardhana em seu lugar, porque ela fornecia a grama na qual suas vacas e bois pastavam. Ultrajado, Indra retaliou com tempestades aterrorizantes. Mas Krishna mostrou que Ele era Supremo e mais poderoso que Indra levantando a Colina de Govardhana sobre Sua cabeça para abrigar os habitantes de Vrindavana.

 

Para celebrar este festival, devotos constroem uma réplica da Colina de Govardhana feita de comida, e adoram o Senhor Krishna como o levantador da Colina de Govardhana, e a própria colina como encarnação de Krishna. Também se presta adoração especial para as vacas e os bois, que são tão queridos para o Senhor.   

No final do século XIX, Bhaktivinova Thakura restabeleceu os ensinamentos do Senhor Caitanya, que até então haviam sido largamente mal interpretados ou perdidos. Srila Bhaktivinoda Thakura escreveu quase cem livros para explicar a ciência da consciência de Krishna, expor pseudo encarnações de Deus, e esclarecer confusões sobre o caminho do serviço devocional. Srila Bhaktivinoda Thakura era tanto um pregador ativo e magistrado de Jagannatha Puri, Orisa, como também o pai de dez crianças. Um de seus filhos foi Srila Bhaktisidanta Sarasvati Thakura, guru de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada.

Srimati Radharani é a consorte eterna do Senhor Krishna, a Suprema Personalidade de Deus. Juntos Eles são conhecidos como o casal divino, e são a plena manifestação Deus. Encarnando amor perfeito por Krishna, Radha é conhecida como a personificação de Bhakti, ou devoção amorosa a Deus. Amar Deus é nosso estado natural, agora adormecido. Por Seu exemplo puro, Radha é o farol chamando a todos para redespertarem seu amor pleno por Krishna. Ela também distribui misericórdia para nos ajudar a alcançar esse objetivo.

Krishna é a Suprema Personalidade de Deus. Ele falou o Bhagavad-Gita, reconhecido ao redor do mundo como um dos maiores livros de sabedoria da humanidade. No Gita, como ele também é conhecido, Krishna diz repetidamente que Ele é o próprio Deus, a fonte de tudo. Cinco mil anos atrás, Krishna apareceu na Terra, e devotos celebram seu aparecimento cantando Seu nome, lendo sobre Ele, e jejuando durante todo o dia.  

O Senhor Balarama é a primeira expanção pessoal do Senhor Krishna, a Suprema Personalidade de Deus. Todas as outras encarnações se expandem dEle. Nos passatempos do Senhor Krishna, Ele aparece como o irmão mais velho de Krishna. Juntos, Krishna e Balarama realizam muitos passatempos como vaqueirinhos na terra de Vrindavana. O Senhor Balarama carrega um arado e uma maça e é conhecido por Sua grande força. Assim, devotos oram a Ele por força espiritual (veja Sri Caitanya-caritamrta, Adi-lila, capítulo 5).