Blog do Sonho Eterno

Archive for the ‘Esportes’ Category

Vendo muitos comentaristas dizendo porque o Brasil foi desclassificado, o qual acredito ser tudo perda de tempo, criei a minha própria teoria, muito mas plausível. (Risonho Maligno)

Quando escalaram o goleiro Júlio César para essa Copa do Mundo, não soube dizer se era bom ou não. Não desconfiando da habilidade do jogados, mas lembrei daquela ocasião, em 1998, onde Ronaldo teve aquela convulsão. Lembra? Dizem as más linguás que o ocorrido foi por conta de sua até então namorada, a atriz Suzana Werner, ter tido um caso rápido com o apresentador Pedro Bial em solos franceses. Então temi mais uma vez.

Não que Suzaninha possa ter tido algum caso extra conjugal, mas algo aconteceu! Certeza! Pode ter sido uma briguinha de casal, dessas triviais e mais uma vez, infelizmente, tirou o nosso sonho do hexa.

Fica a dica para o próximo técnico da seleção não escalar namorados ou maridos da Sra Werner.

Hoje foi o primeiro jogo do Brasil na copa. Nem vou citar o vexame e a vitória meio sofrida, porque nem curto jogos de copa do mundo em si. Gosto da farra, das pessoas unidas, do país parando para ver 22 negos correndo atrás de uma bola e com muita dificuldade de colocá-la dentro de uma trave enorme.

Em contrapartida a copa é uma oportunidade ímpar para fazer um encontrinho em casa. Então, como íamos receber pessoas muito especiais da nossa família, quis fazer uma decoração simples, porém simpática e no clima da copa. Espalhei bandeiras de plástico por toda a estante, enchi alguns balões de ar, tapei um quadro um uma bandeira um pouco maior, e coloquei muitos petiscos ao alcance de todo. E foi a maior seção de comilança já que o jogo estava bem morno.

 

Coloquei os petiscos, todos industrializados, como amendoins, castanhas de caju, batata frita, pipoca e chocolates em taças de sobremesa. O que deu um ar muito mais simpático ao encontro. Já pensou tudo naquelas embalagens plásticas horríveis? Um toque simples desse, pode deixar a coisa muito mais interessante.

 

Também deixei uma garrafa com água e algumas taças para as pessoas se servirem com facilidade. Outro tipo de bebida gelada, só na geladeira da cozinha e como todos os convidados são de casa, não houve cerimonia alguma para abrir a geladeira.

Um toque simples, rápido, muda o ambiente e deixa os convidados num clima total da copa.

Vocês precisam concordar comigo, o melhor do Brasil são os brasileiros. Tá, a gente até reclama daquele dia de calor, com o povão nas ruas e a turma toda suada esbarrando na gente, alguns buzinando, outros jogando lixo na rua, muitos tentando tirar vantagem e alguns até arriscam um furto e/ou um roubo de vez enquando. Mas eu gosto da turminha daqui. Sabe? Outro dia, quando ia sair de uma loja lá de Nova York um segurança me deu boa tarde, respondi simpaticamente e dei uma piscadinha, acredita que o fulano ficou todo faceiro comentando de mim com outro homem? Eles estão tão acostumados com a secura estadunidenses (e acho que europeia também) que quando alguém é mais simpático pensam hey, essa garota está me dando mole. E não é. Não foi dessa vez que descolei meu green card.

Vamos falar de nosso patrimônio nacional? Nossos brasileiros mais famosos que foram viver no exterior ou são nossas sexys modelos ou os nossos exímios jogadores de futebol. E vocês já repararam numa tendência? Os rapazes em sua maioria casam-se com as brasileiras.


Ronaldo além das travecas, já namorou Suzana Werner, atual do goleiro Júlio César, no final do relacionamento teve que engolir muita dor de cotovelo numa dor de corno mal-curada. Depois, ele se envolveu com outras, casou-se de verdade com Milene Domingues e de mentirinha com a Danielle Cicarelle. O jogador agora é casado com a Bia, que super aceita ser chifruda. Todas as meio mulheres que o craque teve um relacionamento mais longo eram daqui da nossa terrinha.


Outro casal é Roger Flores é Debora Secco. Ele que já jogou no Qatar e em Portugal, já namorou a apresentadora Adriane Galisteu mas decidiu ficar com Deborah Secco. Aliás, pensei que minha xará nunca sairia da porra-louquice mas ela saiu com o Roger, num casamento para lá de misterioso no Rio. Mais um que provou do mel das estrangeiras e casou com brasileira.


A lista é grande. Robinho, por exemplo, casou com sua namorada de mais de 11 anos. O que achei legal nesse causo é que não foi porque ficou famoso que quis uma modelo ou atriz. Se bem que o jogados esta meio envolvido em alguns escandalos.


O Nilmar, mesmo morando na Espanha, é casado com a brasileira Laura. E ela nem é famosa também.


Um dos casos mais conhecidos nossos é o de Kaka e Carol, tudo porque o muso do futebol, além de lindo era daqueles caretinhas, foi apontado como o genro perfeito. Ele se casou com uma moça da igreja evangélica, também brasileira.


Júlio César lá da Itália, ainda não trocou sua bela brasileira, a atriz Susana Werner, que decidiu abdicar sua carreira de atriz por amor, tá certo que foi por outro craque, o Ronaldo, mas ela foi a escolhida de Júlio e como se diz naquelas frases feitas de caminhão, melhor que ser o primeiro é ser o último homem na vida de uma mulher. Claro que faz sentido se isso não significa ter passado os últimos 30 anos encalhadona.


Por fim e não menos importante é o namoro-casamento de Pato e a atriz Sthefany. Todas as adolescentes se apaixonaram pelo Pato pelo romantismo do jogador que a cada gol dedicava para sua amada fazendo um coração com a mão. Ele também escolheu uma brasileira.

Mesmo os jogadores provando flertando com meninas do mundo todo acabam casando-se com as brasileiras mesmo, sendo assim, para aquelas que tem um uma boa auto-estima, pode acreditar, nós somos as melhores mulheres do mundo.

Mas vocês notaram que a reciproca não é verdadeira? Pode ser que nossos brasileiros não são os melhores amantes do mundo, mas ainda prefiro acreditar que as brasileiras são tão boas que os homens do mundo todo se apaixonam por elas.


A nossa top número um, a Gisele Bundchen, casou-se com um jogador de futebol americano americano. Ela também namorou outros famosos como o surfista Kelly Slater e o ator Leonardo Di Caprio, ambos americanos. Aliás, a modelo foi acusada de sempre namorar americanos e sua justificativa foi sempre ter morado lá.


Alessandra Ambrósio, que substituiu o posto de Gi na Victoria’s Secret também casou com um americano. Ele é um empresário gato lá da Califórnia.


Já a Adriana Lima foi mais exótica. Casou-se com um jogador de basquete sérvio.

 

Você concorda comigo?

 

PS: Ah, não me venham falar de Jesus Luz, por favor, aquele caso com Madonna não é amor e sim a construção de um pezinho de meia.

Olha que fofura minha gatinha Ana Magali. Ela é toda corintiana, além da cor natural dela, a almofada.

Hoje apresentaram a nova camisa, a de número 3, do Corinthians. Meio que inspirada no mascote do time, vocês não acharam que essa cruz no meio lembra a roupa do mosqueteiro? Ou estou viajando?

 

Achei que ia conseguir fazer uns posts de moda para o blog nesses dois últimos dias de férias, mas é impressionante, quanto mais tempo temos, menos sabemos administrá-los.

 

Gente, ganhar do Palmeiras é muito bom, com 10 jogadores é ainda melhor e sem o Ronaldo? É provar que existe um time bom além dele. Mas e ganhar do Palmeiras  liderança do PAULISTA? Daí não tem preço.

Na foto, São Jorge, literalmente… o Felipe também mandou muito bem ontem, depois do segund tempo, só o Porco atacou.

Na minha opinião vale muito a pena. Primeiro porque para nós brasileiros é uma coisa bem diferente, eu só lembro das musiquinhas que eles colocaram por causa do vídeo game do meu irmão, não sabia nem quanto tempo de jogo era. Agora descobri, são três tempos de 20 minutos, mas diferentemente do futebol, eles param o contador o tempo todo, só vale o tempo realamente jogado, as faltas, brigas e reinicios de jogo não são contados, o que deixa o jogo meio cansativo.

 

Não entendi direito as regras, mas se elas existem, devem ser bem liberais, os jogadores podem largar seus sticks, ou seja aqueles tacos que usam para movimentar o puck, que é aquele disco, para se baterem. Tudo com a supervisão dos juizes e colegas te time que não tentam separar. Depois, algumas vezes, eles ganham uma punição do tipo ficar 2 minutos sem jogar. Quem gosta de Ultimate Fighter vai amar o hockey, acho que por isso que eles usam tantos equipamentos de proteção, além das quedas, tem as brigas, os empurrões os esmagamentos ni muro de proteção da platéia… ví uma briga onde um dos rapazes perdeu até o capacete.

 

Outra coisa que achei bem interessante é que se permite a substituição ilimitada de jogadores, com o jogo em progresso e não precisa usar placa avisando as substituições, os jogadores só entram e saem, dependendo em que parte se está do campo muitas vezes. A gente fica até tonta de olhar. Como era de esperar, a torcida é bem introspectiva, nada se compara com a torcida do Timão, onde a Gaviões da Fiel fica o tempo todo cantando, tocando, batucando, incentivando o tíme. O máximo que se ouve é um grito tímido e curto de Let’s go Rangers, dura tão pouco que eu nem consegui filmar, não dava tempo de ligar a camera. Todas as vezes que começava uma briga eu gritava em coro “porrada” e dava vários gritos quando um dava uma ombrada no outro “isso, mata ele” que o rapaz da minha frente achou que eu já era recém convertida do Rangers, começou a me explicar que o time era mágico.

 

Isso porque ele não foi ao Pacaembu. No mais, pode ser também a sua oportunidade de conhecer o Madison Square Garden, que segundo eles, é a arena mais famosa do mundo, de repente, deve ser mesmo, não sei.

 

Faixa tímida do Rangers, alias, acho que isso é colocado pelo Madison Square Garden e não pela torcida, eles precisam ver um jogo do Timão.

 

Senhor ao lado acompanha o jogo e toma nota de tudo que acontece. Aliás, acho que é um hábito logal, ví muitos fazendo o mesmo.

 

Foto minha com mamãe, reparem que estou vestindo o manto sagrado.

Um empurrão.

Reinicio de jogo.

Minha mãe morreu de vergonha de mim.

 

Caminhão passa para arrumar o gelo, e leva sempre uma criança ao lado.