Blog do Sonho Eterno

Archive for outubro 2009

Vamos falar um pouquinho de moda masculina? Sempre dedico esse blog as mulheres e as minhas loucurinhas fashion, mas tenho um leitor assíduo muito especial, o meu próprio pai, por isso resolvi dedicar alguns posts sobre o assunto. Vamos abrir o guarda-roupa dos homens considerados os mais elegantes do mundo para nos inspirarmos e até copiarmos, afinal de contas, ninguém é de ferro, né?

Segundo algumas listas internacionais, os homens mais elegantes de 2009 o que não quer dizer o mais bonito e/ou sexy, são David Beckham, Brad Pitt, George Clonney, Barack Obama, Will Smith, Tom Ford, Mark Ronson, Kanye West (I can’t believe), Guy Ritchie e Daniel Craig. Obviamente que essas listas internacionais nunca entram nenhum brasileiro. Nos solos tupiniquim. Aqui gosto do estilo do Kaka e do Roberto Justos, e no mundo da ficção Chuck Bass, que é totalmente meu muso fashion.

Nos próximos dias publicarei fotos de estilo dos nomes acima, não deixem de conferir… Começarei pelo décimo colocado assim por diante. Aguardem! Depois farei um especial sobre os brasileiros que se vestem bem e o por último, o Chuck Bass.

Gostaria de ter uma opinião masculina, mesmo sabendo que a maior parte de minhas leitoras são meninas, mas queria que os homens, não precisam se identificar, mas desmitificassem uma dúvida que tenho. Seriam os homens todos cafajestes?

Vou citar resumidamente quatro situações que aconteceram recentemente comigo.

Primeira: Tinha um casal de amigos bem próximos, daqueles que freqüentam sua casa e viajam juntos com você. Até que um dia o cara me mandou uma carta, que parecia mais de amor do que amizade e me deu uma rosa vermelha. Pouco tempo depois, disse-me que estava apaixonado por outra mulher, que obviamente não era sua esposa. Infelizmente logo descobri que era eu sua nova aposta. Ingenuidade a dele que eu iria ficar com homem casado, pior, esposo de uma amiga querida.

Segunda: Um colega de trabalho quis por anos me namorar e/ou até sair comigo. Teve uma vez que tentou me agarrar à força, só me vi livre porque consegui fugir correndo dele. Daí ele casou. Recém casado me manda um e-mail dizendo que me ama, que sempre me amou e que eu nunca acreditei nisso. Acreditar no amor dele não significaria que ficaria com ele, principalmente porque ele não é exatamente o tipo de homem que me chama atenção. Disse isso a ele claramente. Mesmo assim não o inibiu de me convidar para viajar com ele, perguntei quem iria nessa viagem, para ver até onde ia à mente poluída dele e me respondeu só nós dois. Além de ficar ofendida com a proposta, vi mais uma ingenuidade, se não queria nada com ele quando era livre e desimpedido o que iria fazer com um cara casado? OMG.

Terceira: Tem um cara casado que trabalha comigo que vive me flertando. Quando ele passa em minha mesa fica me fitando, quando passo por ele olha tanto para mim de me deixar até sem graça, ao ponto de outras pessoas perceberem. Não sei o nome dele e jamais teria qualquer coisa com um cara casado que fica paquerando todas as meninas por aí. Ele me incomoda muito. Uma vez reclamei com meu chefe de um cara inconveniente ele que não se cuida que será o próximo, com aquela cara de jacaré safado.

Todos os homens casados se comportam assim? Gente, mulher de bem não gosta disso, se sentem agredidas!
Ainda sobre coisas que me outras coisitasque incomodam…

Quarta: Outro dia sai com um amigo, um passeio ocasional. Todas as mulheres, todas, sem exceção que cruzavam nosso caminho ele virava para olhar o bumbum. Aquilo foi me incomodando, além de não respeitar a minha presença, fiquei cuidando para não ficar de bunda para ele, porque faria o mesmo comigo. Isso é que é se comportar como um cão quando vê uma cadelinha no cio.

Quinta: Essa é a última, porque tenho que sair das net. Fui com um amigo a um evento. Comecei a fotografar a paisagem em sua frente, bem desatenta com o mundo ao meu redor. Ele, com outra câmera, permanecia sentado fotografando também. Para minha surpresa quando fui ver as fotos, grande parte era do meu traseiro. Fiquei bem irritada. Isso não aproxima a mulher de você, só distancia.

Algum homem poderia me dizer o que acha disso? Se faz isso? Se acha legal? Se faz sem perceber, como um animal mesmo? Preciso entender…

Tags: , , ,

Domingo, dia 25/10, fui ao desastroso jogo Corinthians e Cruzeiro no Pacaembu, onde meu Coringão perdeu de um a zero para o time mineiro. Creio que foi o último jogo que assisti no estádio esse ano. A equipe não esta motivada, só pensnado em férias então os jogos não são tão animadores. Acho que é uma boa oportunidade para as famílias irem aos estádios. Como não esta valendo nada, fica menos perigoso.

Fui com meu amigo Ibere, foi o debute dele no Pacaembu. Estádio que é meu velho conhecido de shows de rock e agora de futebol. Ficamos na arquibancada especial laranja, aquela que na lateral e tem uma vista privilegiada. Acho que meu amigo estava com um pouco de medo de ir à arquibancada normal. No fim, gosto mais da laranja mesmo, a vista é bem melhor que nas arquibancadas atrás dos gols e tem cadeirinha com encosto. Tudo bem que acabo não ficando sentada um minuto. Como é mais vazio tive coragem de levar minha câmera semi-profissional e minha objetiva nova de longa distancia.

Chegamos bem cedo ao estádio, já que não tínhamos comprado o ingresso. Sentamos na primeira fileira, perto do local para deficientes físicos. Como sou alta, sempre prefiro lugares sem nada em minha frente. Logo em seguida chegou um sujeito perguntando se falávamos inglês. Era um indiano fanático por futebol. Como dissemos que falávamos inglês, ele sentou ao nosso lado. Conversamos um pouco de Krishna e ele garantiu que eu iria gostar de seu país de origem. Perguntei como anda o futebol por lá, ele disse que não tem, como a temperatura é muito alta quase ninguém se interessa por futebol, e ainda explicou que existe apenas 8 times de futebol na Índia. Contou que o esporte popular do seu país é o críquete e que os estádios deles eram maiores que o Maracanã.

Eu, com todo o bom humor do mundo, expus que o melhor estado do país era São Paulo, que éramos os mais ricos. Também expliquei que o maior time do Brasil era o Corinthians, e ele quis saber por que o estádio do Timão era menor que o Maracanã ou o Morumbi, por exemplo. Mas ele ficou intrigado quando soube que o Corinthians, o maior, não tinha estádio. Ele pareceu não entender, as vezes, nem eu entendo direito. Falou que estava ali para ver o Ronaldo e me perguntou o preço de todas as áreas do estádio. O único momento que ele deu risada foi quando esclareci que o SPFC era o pior time do país e que na torcida só tinham gays. Ele sacou que eu detestava os Bambis logo de cara. Meu amigo Ibere, que disse não falar inglês muito bem, conversou mais com o indiano do que eu, que estava mais interessada em tirar fotos.

Minha tia Alzira falou que em breve serei a ‘rainha dos estádios’ não pela beleza e sim pela freqüência. Esse foi o meu segundo jogo na mesma, na quarta-feira fui ver o jogo do XV de Piracicaba aqui em Osasco.

 


Eu e o Pacaembu. Olha o verde o gramado daqui e o de Osasco.


Ibere mostrando o mapa de São Paulo para o indiano que fizemos amizade.


Eu no alambrado.


Eu com o fundo do temido tobogã.


Caravana de Osasco.


Adoro esse bandeirão em formato de camisa.


O goleiro Felipe no aquecimento.


Ibere todo faceiro com o amigo indiano. A arquibancada laranja lotou!


Olha o juiz ladrão se aquecendo.


Adorei esse velhinho com bengala e cantando todos os hinos corintianos.


A torcida do Cruzeiro, mesmo sendo infinitamente menor, estava afim de uma briguinha. Cantaram várias músicas de provocações.


Mais aquecimento do Felipe. Felipe, tenho medo de você.


Ibere e Debora pelo foco de nosso amigo indiano.


Bandeirão da camisa 12.


Olha meuvelhinho de bengala.


Os jogadores entrando com as crianças.


Alguns entram sozinhos.


Ronaldo entra com todas as crianças. Que falta de criatividade, hein? Se bem, que eu também ia querer entrar com ele.


Jogadores cumprimentando a torcida.


Ronaldinho tentando aquecer.


Mas os repórteres não deixam.


Nem os companheiros do ex-clube.


Concentração final, antes do início do jogo.


Dentinho e Ronaldo, antes do início do jogo, que pena que vocês não brilharam na partida.


Bandeirão da Gaviões da Fiel em homenagem ao Ayrton Senna. Eu acho muito bonito o efeito, mas não gostaria de ficar embaixo de uma bandeira dessas e perder um gol, por exemplo. As vezes fico na dúvida se a turma da Gaviões da Fiel assiste os jogos ou só ficam zuando. Tenho certeza que a turma do Pavilhão 9 na acompanha o jogo, todas as vezes que eu olho para a torcida eles estão subindo e descendo as arquibancadas como uma dança. Haja pernas até o final do jogo.


Isso é hora de sentar? Às vezes tenho impressão que Dentinho também é ator, caçador de faltas às vezes ele não fica de pé nos jogos. Infelizmente nesse jogo um cruzeirense cabeceou a cabeça dele ao invés da bola.


Ibere e as luzes do Pacaembu.


Minha vez com as luzes.


Vai anoitecendo e temos uma bonita imagem do tobogã no início do segundo tempo.


O jogo.


E a incansável Gaviões da Fiel. Eles ficam cantando, tocando e fazendo coreografia o jogo todo. Aliás, eles que iniciam a maioria das canções que o estádio todo acompanha, É um efeito bem bonito.


Bandeir ão da Estopim.Acho muito bonito o efeito das bandeiras no estádio. É uma pena não poder mais ter bandeira de mastro. Culpa de são-paulinos e palmeirenses que não souberam se comportar.

Fui a esse inusitado jogo no estádio do Rochdale em Osasco na quarta-feira passada. Obviamente torcia pelo XV de Piracicaba.

Fui ao jogo com um casal de amigos a Fernanda e o Lineu. Quando chegamos lá, o rapaz que pega o ingresso logo perguntou como estava Piracicaba, certo que éramos do interior. Creio que as poucas pessoas que freqüentam o lugar são sempre as mesmas que quando chega alguém diferente já pensam serem forasteiros. Esclarecido que éramos de Osasco, entramos.

Para a nossa surpresa o estádio não era tão ruim. Tinha uma arquibancada e um gramado até que razoável, não tão verdinho como o do Pacaembu. Vimos alguns poucos torcedores e logo percebemos que o time de Osasco se aquecia em campo. Logo depois entrou o XV de Piracicaba.

O jogo, que parecia uma pelada, foi muito ruim. As duas equipes eram bem fracas e as jogadas sem emoção. O time de Osasco atacou bem mais, mas não consegui nenhuma finalização de sucesso. Enquanto o time do interior apelava dando chutões do meio de campo. A sorte para o XV foi que o Osasco fez um pênaltis nele o que resultou no único gol da partida, favorecendo o time de Piracicaba.
Achei feio a torcida de Osasco ameaçando, fazendo chacotas e dizendo palavras de baixo calão. O XV de Piracicaba saiu rapidinho de fininho ao termino da partida. O legal foi que a torcida do time no Orkut, da comunidade que sou dona ficou feliz. Eles pleiteavam que eu era dona da comunidade e nunca tinha ido a um jogo. Agora terão que achar uma nova coisa pra reclamar.

Veja algumas fotos:


Fernanda e eu na porta do estádio com o ingresso na mão. Nós fomos, para quem não acreditaria.


Concentração do time do XV de Piracicaba antes do jogo.


Fernanda, Lineu e Debora dentro do estádio.

Debora e Fernanda e o gramado ao fundo. Foto bem tradicional.


Os times em campo.


Lineu e Fernanda comendo amendoim diretamente do chão. Foi tão engraçado quando o vendedor jogou o amendoim no chão… achei no mínimu brutão.


Nando, um dos repórteres mais queridos de Piracicaba.


O goleiro reserva, Mahmoud Darwiche Mustapha Neto, conhecido como Neto, foi o jogador que achei mais gatinho. Pena que ele não pousou para foto e nem olhou para a gente. Beijo me liga.


Marcus Vinícius de Moraes, o único jogador que teve coragem de parar e ainda pousou para foto.Obrigada!


Ai que ridículo a comitiva de Osasco. Fiquei até com vergonha.


Que feio! A publicidade do jogo estava com a informação errada… o jogo começou as 16h e na faixa dizia 14:30h. Será que por isso que estava tão vazio?

Conheci o time de XV de Piracicaba no ano de 1995, quando durante um torneio estadual o XV ganhou do Coringão. Pensei, como um time quase desconhecido ganha de um time tradicional? Para piorar, o jogo de volta foi um sofrido empate.

Mais ou menos na mesma época fiz amizade com uns rapazes de Piracicaba, que viviam cantando o hino caipira do clube e que eu amava. Anos mais tarde, logo depois de criar uma conta Orkut vi que não tinha uma comunidade do time, criei a minha, em homenagem ao hino, e logo a comunidade ficou uma das maiores do XV de Piracicaba. Que honra. Já estou combinando com uma amiga de irmos ver um jogo aí em Piracicaba, mas alguém vai ter que nos levar num restaurante vegetariano, alguém se habilita?

Adoro falar de coisinhas fluffy aqui no blog. Sendo assim, o tema do dia é ocorsage.O que é o corsage? Creio que muitas de vocês, leitoras do blog, já devem ter reparado em filmes americanos quando as garotas vão ao baile de formatura e recebem de seu namorado uma florzinha que colocam no pulso. O que me instigou mais ainda, foi que imaginava ser uma coisa de adolescente, mas a Carrie de Sex and the City ganhou o mesmo mini-buquê do namorado. Objeto de atual de meu desejo, fui procurar na net do que se tratava.

O que é ocorsage?
O corsage é um mini-buquê com uma ou duas flores, arrematado com um laço que as meninas (e até mulheres) usam, geralmente com um vestido, numa festa que vá com seu namorado. Para quem é comprometida é quase um crime sair de casa sem o corsage.

Quando se deve encomendar o corsage?
Os sites estadunidenses garantem que o melhor é encomendar o corsage com duas semanas de antecedência antes do evento. Achei meio demais essa antecedência, mas não sei como as floriculturas de lá funcionam, também não sei se alguém aqui no Brasil quiser dar esse mimo a namorada se eles fazem. No mais, como é uma coisa simples, é só comprar flores e fita de cetim, com um pouco de bom gosto e habilidade dá sim para criar o corsage 100% nacional.

Quais são as flores mais comuns?
Rosas e cravos são as mais tradicionais, porém pode-se dar um toque mais moderno com lírios ou orquídeas, por exemplo. SO deve-se tomar cuidado com o tamanho do arranjo, tem que ser algo pequeno e delicado, se não vai parecer que esta usando um buquê.

É tudo isso que devemos saber sobre o corsage?
Não exatamente. Se algum rapaz quiser impressionar a namorada com um presente desses, sugiro que descubra a cor do vestido dela, tem que fazer um corsage que combine se não, vai estragar o look dela.

Alguma leitora já ganhou um corsage?

Estou em processo de criação de meu convite de aniversário. Domingo fui ao jogo do Coringão e tirei umas fotos minha com o intuito de criar um convite todo personalizado. Gostaria que me ajudassem a escolher a melhor foto para convidar meus amigos.

Ah, quem tirou as fotos foi meu amigo Ibere, que me acompanhou ao jogo.

Impressionante como tenho empresas para reclamar. Ou consumo demais ou as empresas prestam de menos e apesar dos pesares, acho que a segunda opção é a mais correta. Há um mês fiz a assinatura da revista Gloss para dar de presente de aniversário para uma amiga. O aniversário dela é hoje, parabéns Edneusa. Porém até o momento a revista não chegou e nem vai chegar.

Na ocasião ao fazer a assinatura a atendente, super simpática, garantiu-me que sem sombras de dúvidas minha amiga começaria receber a revista Gloss antes do aniversário, o que não aconteceu. A Abril na ânsia de conquistar mais uma assinante não têm escrúpulos e mente! Por isso, cuidado ao dar a revista como presente de aniversário para alguém, você pode se frustrar.

Liguei hoje no SAC e falei com a Lidia e depois com a Daniela Felix. Ambas me ofereceram uma revista a mais ao termino da assinatura, porém nenhuma das duas ofereceu para entregar a prometida revista do mês, que segundo Daniela, já estava esgotada na editora.

Fiquei bem chateada. Assino as revistas da editora Abril há pelo menos 10 anos e eles não tiveram o menor pudor em não me respeitar e em não me satisfazer. Com certeza na hora de renovar minha assinatura vou dizer um sonoro nãaaaaaaaaaaaaao e optar por uma editora concorrente. Não recomendo a editora Abril, afinal de contas eles mentem, não cumprem o que prometem.

Abaixo a cópia do e-mail que minha amiga recebeu informando que receberia a revista em outubro: